Há quase uma década que Tatsuya Tanaka recria, diariamente, o mundo em ponto pequeno. Foi em 2011 que o artista começou a pegar em objetos do quotidiano para reproduzir cenas do dia a dia em miniatura. Fatias de pão, auscultadores, agrafadores, fraldas, calculadoras, cascas de banana... A imaginação não tem limites para o japonês. "Os brócolos e a salsa assemelham-se, muitas vezes, a uma floresta e as folhas a flutuar sobre água parecem barcos", justifica.

No universo em miniatura do nipónico cabem todos os nossos mundos e nem a ameaça global da covid-19 passou ao lado da veia artística de Tatsuya Tanaka, que partilhou a última criação com uma mensagem de esperança. "Derrotar o coronavírus" foi o título que deu à criação. Muitos dos seus trabalhos têm também sido apresentados publicamente em exposições em várias partes do mundo. Até ao próximo dia 10 de maio, tem uma patente ao público na Finlândia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.