É uma espécie de experiência sociológica em forma de álbum de fotografias que já compilou num livro. Uma obra que ilustra a reação de alguns traseuntes ao peso excessivo de pessoas com as quais se cruzam na rua. Haley Morris-Cafiero, uma fotógrafa norte-americana que sofre de obesidade e de hipotiroidismo, decidiu registar imagens de si própria em ambientes públicos que a faziam sentir-se desconfortável.

Numa alusão à marca de produtos de emagrecimento Weight Watchers, chamou "Wait watchers" ao projeto, que surgiu há seis anos. Quando tirava selfies em Times Square, em Nova Iorque, reparou que um homem não parava de observar todos os seus movimentos. Para Haley Morris-Cafiero, foi óbvio que o fez porque estava a julgá-la. "Já ouvi pessoas a fazerem comentários sobre o meu peso", admitiu publicamente.

"Mas nunca pensei que fosse capaz de capturar isso em fotografia", confessa, no entanto. A partir dessa altura, passou a colocar uma máquina fotográfica com tripé nos lugares públicos onde achava que era interessante captar imagens dela própria fazendo as coisas mais normais do dia a dia, sempre com a preocupação de vestir-se de forma discreta para que não fossem as roupas a atrair a atenção das pessoas.

A opinião dos críticos do projeto

A ideia era também não desvirtuar aquilo que acabava por considerar um estudo experimental. Depois de publicar as primeiras imagens, Haley Morris-Cafiero recebeu uma série de comentários encorajadores, desafiando-a a começar a seguir hábitos de vida saudável e a tratar melhor de si e da sua imagem. Muitos chegaram a dizer-lhe que, se usasse maquilhagem, talvez passasse mais despercebida. Ela assim fez.

Surpreendentemente, nada mudou. Apesar da diferença, as reações dos outros não se alteraram. "Não faço isto por raiva. É apenas uma experiência sociológica. É, na realidade, um barómetro da sociedade", assegura a fotógrafa norte-americana. Alguns críticos do projeto, que pode ver nas fotografias que se seguem, afirmam, contudo, que ninguém pode garantir que todos os olhares registados são discriminadores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.