Nasceu em Magdeburg, na Alemanha, mas foi quando se mudou para as margens do lago de Constança, na fronteira da Alemanha com a Áustria e a Suíça, que, depois de ter feito alguns trabalhos como modelo, se interessou por fotografia. O culpado foi Ingo Kremmel, membro da Associação Profissional de Artistas Visuais da Áustria, vencedor de um dos prémios do concurso fotográfico Monochrome Photography Awards em 2015.

Depois de se apaixonarem, casaram e ele ensinou-a a tirar partido das aberturas da máquina, das lentes e da luz para criar arte. "A fotografia dele fascina-me", justifica Jacky Liebe-Kremmel. Juntos, gostam de ir para a rua fotografar mulheres em poses artísticas. "Vamos para florestas, para prados, para montanhas ou para as margens do lago. Eu gosto de criar harmonia entre esses sítios e as fotos eróticas que tiro", confessa.

"Muitas das modelos que fotografo encontram-me nas redes sociais ou nas plataformas digitais onde me encontro e pedem-me para as fotografar", revela a antiga modelo, nascida em 1968, que assina as suas criações, que pode ver na galeria de imagens que se segue, como The Jack Photoworld. "Tenho a vantagem, devido ao meu passado, de ter familiaridade com os dois lados desta minha paixão", acrescenta ainda a fotógrafa alemã.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.