É um dos felinos mais populares do mundo e fonte de inspiração de projetos criativos. Hoje, assinala-se o Dia Internacional do Gato, uma data instituída em 2002 pela organização International Fund for Animal Welfare, sediada em New Brunswick, no Canadá, para celebrar o animal de estimação preferido de muitos, uma das duas datas que homenageiam estes animais. A 17 de fevereiro, também se assinala o Dia Mundial do Gato.

Estima-se que existam atualmente cerca de 500 milhões de gatos no mundo, com maior predominância na Europa, de acordo com vários organismos internacionais. Segundo os historiadores, encontram-se referências à ligação dos gatos ao homem há já, pelo menos, 9.500 anos. Nos dias que correm, são muitos os projetos artísticos com estes animais que muitos artistas desenvolvem, como é o caso da ilustradora russa Ksenia.

Residente em São Petersburgo, na Rússia, esta criativa começou a manipular digitalmente imagens de deliciosas confeções gastronómicas, incorporando-lhes, depois, focinhos de felinos. Aberta no fim de janeiro de 2018, a conta do projeto "Cats in food", que pode (re)ver na galeria de imagens que se segue, é um êxito no Instagram, onde já soma mais de 174.000 seguidores, quase o dobro dos que tinha há pouco mais de um ano.

Há homens que têm uma relação especial com os seus gatos e uma fotógrafa que gosta de a imortalizar. Sabrina Boem é uma fotógrafa autodidata que começou a sua carreira a registar paisagens. "Só mais tarde descobri a fotografia de rua", confessa esta italiana, autora do projeto fotográfico "Of cats and men". Hoje em dia, desenvolve essencialmente trabalhos documentais que envolvem as suas duas maiores paixões, a fotografia e os gatos.

Diverte-se a tirar fotografias a gatos pedrados e mostra o resultado em livro, noticiava o Modern Life em junho de 2018. O norte-americano Andrew Marttila é o autor de Cats on catnip", uma obra que mostra imagens destes felinos sob o efeito da erva-gateira, uma planta com propriedades medicinais, que pode (re)ver de seguida. "Os gatos adoram-na. Quando estão a comê-la ou a rebolar nela, transformam-se", assegura o fotógrafo.

Em todo o mundo, são muitos os que elegem o gato como animal de estimação, como o polaco Robert Sijka, residente em Hong Kong. Tem 20 felinos em casa e passa a vida a fotografá-los para os mostrar ao mundo, como pode comprovar de seguida. Este fotógrafo cria animais da raça Maine Coon vai para nove anos. "Os gatos não são como os cães, que mandamos sentar e eles obedecem. Trabalhar com gatos é um desafio maior", diz.

Em meados de setembro de 2016, os utentes da estação de metropolitano de Clapham Common, em Londres, em Inglaterra, foram, uma manhã, surpreendidos com uma visão insólita. Nas paredes onde existiam cartazes publicitários, depreenderam-se com imagens de felinos. A original campanha, que atraiu muitos curiosos ao local e que pode (re)ver na galeria de imagens que se segue, pretendia promover um novo serviço chamado CATS.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.