Há seis anos que Tatsuya Tanaka recria, diariamente, o mundo em ponto pequeno. Foi em 2011 que começou a pegar em objetos do quotidiano para reproduzir cenas do dia a dia em miniatura. Fatias de pão, auscultadores, agrafos, calculadoras, cascas de banana... A imaginação não tem limites para o artista japonês. «Os brócolos e a salsa assemelham-se, muitas vezes, a uma floresta e as folhas a flutuar sobre água parecem barcos», afirma.

«Toda a gente tem pensamentos deste género [se olhar com atenção para determinados objetos]», acrescenta ainda. As suas (re)criações podem ser vistas online no site do projeto Miniature Calendar. Muitos dos seus trabalhos mais icónicos têm também sido apresentados publicamente em exposições em várias partes do mundo. Algumas das fotografias de Tatsuya Tanaka já foram reproduzidas em objetos de merchandising.

Texto: Luis Batista Gonçalves