O exercício não só refirma como promove a circulação
sanguínea, pelo que se pode revelar um excelente aliado na luta contra a celulite.

Ao nível da derme e do tecido adiposo, as células organizam-se de forma mais densa, formando septos que compartimentam os tecidos, conferindo-lhe o aspeto lobulado que qualquer mulher detesta.

Além de cremes e tratamentos, pode combatê-lo com exercício. Pedro Baptista, personal trainer, recomenda
algumas modalidades que inibem o seu aparecimento e travam a sua expansão.

Treino funcional

Permite remodelar a silhueta e melhorar
o equilíbrio sem recurso a aparelhos.
«Trata-se de um exercício que não implica o
recurso a materiais, já que utiliza o peso do
próprio corpo para trabalhar vários grupos
musculares», explica Pedro Baptista.

«Permite atingir resultados impressionantes
a nível estético, aumenta a agilidade,
melhora o equilíbrio e a proprioceção, pode
ser modificado de modo a adaptar-se a
determinada modalidade, aumenta a massa
muscular e força, e queima gordura», esclarece o personal trainer. As vantagens deste treino são o facto de não implicar grandes equipamentos, tem
a capacidade de expor assimetrias, melhora
o movimento natural do corpo e pode ser
aplicado em qualquer sítio.

Equipamentos de musculação e cardiovasculares

Em conjunto com o instrutor de ginástica, poderá
ser elaborado um programa de treino de acordo
com as suas necessidades. Sugestão para uma sessão:

- Faça um aquecimento com quatro a cinco
minutos no remo.

- Avance para a tonificação com um treino para
tonificação muscular
e redução da
percentagem
de gordura.
Faça 40 minutos.

- Inicie um treino cardiovascular. Faça 30 minutos de
exercício na passadeira
ou elíptica. Para otimizar
o treino use um
aparelho para controlar
a frequência cardíaca.

Lunge para coxas e ancas

Experimente este exercício em casa para contrariar a pele tipo casca de laranja:

1. Afaste as pernas
à largura dos ombros
em posição vertical.

2. Dê um passo em
frente (cerca de um
metro) com a perna
direita, mantendo o
abdominal contraído
e o tronco direito.

3. Inicie a flexão de
ambos os joelhos
até estes atingirem
um ângulo reto (não
toque com o joelho
de trás no chão e não
deixe que o joelho
da perna da frente
ultrapasse a ponta
do pé).

4. Alterne a flexão
dos joelhos com
a extensão dos
mesmos numa
sequência de
três séries de 25
repetições, com a
duração de cerca
de três segundos em
cada movimento.

5. Troque de perna
e repita o mesmo
exercício.

Texto: Nazaré Tocha com a colaboração da equipa da Clínica White, constituída por Catarina de Castro Lopes (psicóloga), Iara Rodrigues (nutricionista), Leonor Girão (dermatologista) e Pedro Baptista (personal trainer)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.