Andar a pé faz bem mas, com as caminhadas, acontece precisamente o mesmo que sucede com qualquer outra atividade física ou mental que requeira um certo grau de constância. É preciso dedi­cação e disciplina! O seu sucesso e a sua continuidade dependem de uma organização cuidada e de um planeamento que tem de ser estimulante para o motivarem a não desistir à primeira dificuldade, como sucede com muita gente.

Se as vê como uma fonte de bem-estar, com vantagens e benefícios, o mais provável é mantê-las e seguir em frente, vivendo os contratempos que surgem pelo caminho como desafios a ultrapassar e não como obstáculos. Para fazer com que o seu estímulo passe a pender mais para o lado do "que bem que me vou sentir a caminhar", em vez de "o melhor é deixar para amanhã porque hoje estou sem vontade", há uma distância a percorrer.

Para conseguir mudar de paradigma, tem apenas de seguir algumas recomendações acessíveis e adotar alguns truques simples que vão acabar com a sua resistência e alimentar a sua motivação para começar a caminhada. Preparado? Uma das primeiras coisas que deve fazer é convencer alguém a ir caminhar consigo. Além de ter um incentivo maior, pode também aproveitar para trocar impressões e pôr a conversa em dia.

6 estímulos que podem ser (muito) motivadores

Há uma série de pequenos pormenores que podem fazer toda a diferença. Descubra, de seguida, os que lhe sugerimos e escolha o(s) que mais se adapta(m) a si. Depois, é só pô-los em prática!

1. Faça do caminhar um jogo

Transforme as caminhadas numa atividade lúdica. Tente, por exemplo, ultrapassar as pessoas que andam depressa na rua, se caminhar na cidade.

2. Oiça música

O tipo de música que ouve é indiferente, desde que a agrade e estimule. No caso de não ter companhia, pegue num leitor de mp3 ou no telemóvel e nuns auscultadores e faça-se ao caminho. Para tornar a atividade mais interessante, pode acelerar ou abrandar as passadas ao ritmo da melodia.

3. Tome um pequeno-almoço energético

Um pequeno-almoço reconfortante e apetecível vai fazer com que fique com mais disposição para realizar a sua caminhada matinal. Além de cereais, inclua fruta. Os ovos mexidos também são uma opção a considerar.

4. Estabeleça uma meta com um prémio

Planeie um itinerário que acabe com um café ou num encontro com um familiar ou com um amigo. Se pensar que tem um objetivo a atingir no final da caminhada, será mais fácil motivar-se.

5. Invista em pausas gratificantes

Leve um livro para ler, um caderno para tirar notas ou uma máquina fotográfica, caso não seja fã de tirar fotografias com o telemóvel. Estas atividades vão amenizar as suas paragens, tornando estas caminhadas numa atividade mais prazeirosa.

6. Aposte em mimos para os pés

Para além de os proteger com um calçado adequado, ofereça-lhes uma sessão de pedicure, uma massagem ou até um banho de hidroterapia. Se começar a associar as caminhadas, a estes momentos de bem-estar, terá uma maior vontade de sair para a rua para caminhar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.