Este é um bom momento para iniciar a prática de uma alimentação equilibrada. Mais do que saudável, há que reter a palavra equilíbrio. Esta última, significando porções à mesa de acordo com as nossas reais necessidades alimentares. Menos proteína animal, mais vegetais e leguminosas, ervas aromáticas, massas e arrozes integrais. Menos alimentos açucarados, mais fruta também ela naturalmente doce.

Neste sentido, deixamos algumas regras (muito simples) de como pode fruir no prato e fora dele a nova estação.

Sempre a mexer

Além da alimentação, é preciso comprometer-se com um exercício físico moderado mas regular. Caminhadas ao ar livre (não contam as deslocações dentro de superfícies comerciais), uns passos de dança ao fim do dia e subir – sempre - escadas (vá, dois ou três andares não custa assim tanto), esquecendo o elevador, são alguns exemplos. Meia hora de exercício por dia vai fazer mudar-lhe a disposição e aumentar-lhe a resistência.

correr

Cinco por dia

Há que deixar salgadinhos, bolos e bebidas alcoólicas de lado e passar a consumir cinco porções de frutas e vegetais por dia. Por porção entende-se uma peça de fruta como, por exemplo, uma maçã, ou 60 a 100 gramas de vegetais, como brócolos ou alface. O consumo recomendado de pelo menos cinco doses de alimentos de origem vegetal está ligado à prevenção de inúmeras doenças, como obesidade, problemas cardíacos, tensão alta, etc.

Dois conselhos: Se comer a fruta com a casca, aumenta a ingestão de fibras. Ao cozer os legumes a vapor, conserva maior quantidade de vitaminas.

figos

Variedade à mesa

Cole no frigorífico uma imagem da Roda Alimentar. A variedade é a base de uma boa alimentação. Para cozinhar, prefira cozidos, assados e grelhados, sem muitos molhos e com acompanhamentos vegetais. Pratos coloridos são sempre mais atrativos, por isso use tomates, alfaces, cenouras, beringelas, rabanetes, morangos, quivis e tudo mais o que se lembrar. Brinque com as cores e as formas para fazer de cada prato uma festa.

Primavera, ou um bom pretexto para repensarmos a nossa alimentação…e não só

Água, essa amiga sempre próxima

Beba cerca de litro e meio de líquidos por dia. Água, chá, café, leite e sumos de fruta são preferíveis a refrigerantes e bebidas alcoólicas.

água

Horta na varanda

Os alimentos verdes fazem parte da dieta da primavera. “Limpam” o sistema digestivo e refrescam o palato, para além reforçarem as defesas naturais do organismo. Assim, experimente plantar a sua própria horta de varanda ou mesmo no parapeito da janela. A jardinagem é uma excelente atividade para se empreender sozinho ou com crianças e não exige mais do que alguns vasos com terra. Aposte em ervas aromáticas, que podem substituir o sal em muitos pratos.

horta

Texto: Maria Rebelo da Costa

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.