Escolher um bom sabonete e lavar as mãos corretamente é uma forma eficaz de prevenir a transmissão de bactérias.

É um mito que os sabonetes antibacterianos para uso diário eliminam mais germes do que os sabonetes normais. Aliás, até há dúvidas de que os antibacterianos sejam seguros quando usados durante muito tempo. 

Quer poupar água? 4 passos para limpar os filtros das torneiras
Quer poupar água? 4 passos para limpar os filtros das torneiras
Ver artigo

Alguns estudos indicam que usar sabonetes antibacterianos pode aumentar a resistência a antibióticos e afetar a produção das hormonas necessárias para o nosso corpo. A substância de que são feitos – o triclosan – é usada, por exemplo, nas pastas dentífricas, mas numa quantidade segura e que até pode prevenir doenças orais.

Também é um mito que os sabonetes sólidos usados nos locais públicos podem transmitir microrganismos responsáveis por doenças. A este nível, a ciência não encontra diferença entre o sabonete sólido e o líquido.

Escolha sempre um bom sabonete

O ideal é que o sabonete tenha uma acidez próxima da pele, com um pH entre 5 e 6. Por vezes, os fabricantes usam expressões como “pH neutro” para referir que é igual ao da pele, mas, na verdade, são ligeiramente ácidos, como convém. Verifique sempre no rótulo se o produto inclui ingredientes irritantes e alergénicos em excesso, tais como perfumes.

Os sabonetes líquidos lavam razoavelmente bem as mãos porque são eficazes a remover maus odores. E secam menos a pele, pois alguns incluem substâncias hidratantes, como aloé vera, ácido láctico, óleo de amêndoa e proteínas de leite. 

Utensílios de cozinha de plástico ou madeira? As recomendações da DECO
Utensílios de cozinha de plástico ou madeira? As recomendações da DECO
Ver artigo

As soluções à base de álcool só devem ser usadas quando não há alternativa. Não eliminam a sujidade, secam a pele e podem torná-la sensível e irritada. Além disso, apenas desativam eventuais microrganismos por um curto período de tempo.

Lave bem as mãos

1 - Comece por molhar e ensaboar as mãos, esfregando as palmas das mãos uma na outra.

2 - Com os dedos entrelaçados, esfregue a palma da mão direita nas costas da esquerda e vice-versa.

3 - Com os dedos entrelaçados, esfregue as palmas das mãos.

4 - Esfregue o polegar esquerdo em sentido rotativo, entrelaçado na palma da mão direita e vice-versa.

5 - Rotativamente, para trás e para a frente, esfregue os dedos da mão direita na palma da esquerda e vice-versa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.