A profissão de cake designer tornou-se, nos últimos anos, numa das mais promissoras e desafiantes no setor da gastronomia. A comprová-lo estão trabalhos que surpreendem pelos (muitos) detalhes, como é o caso dos da americana Leslie Vigil. A imaginação desta californiana não conhece limites. Esta entusiasta da doçaria, apreciadora de creme de manteiga, inspira-se na natureza, mas não só, para os seus deliciosos trabalhos.

A sua mais recente coleção de bolos, "Tapestry cakes", apresenta criações que exibem uma decoração que nos remete para a arte têxtil. O efeito tridimensional dos padrões florais das suas confeções gastronómicas, que pode ver na galeria de imagens que se segue, cria uma determinada ilusão ótica dando a sensação de serem bordados. E são notórias as influências sul-americanas presentes nestes padrões, apesar de não serem as únicas.

A confeitaria entrou na vida de Leslie Vigil através da mãe, com quem passava tardes a fazer bolos. Maravilhada com todas as possibilidades criativas que aquilo que inicialmente não passava de um mero passatempo lhe proporcionava, começou a estudar e a ler livros de receitas, alimentando aquilo que acabaria por tornar-se, mais tarde, na sua profissão. Anos depois, frequentou a prestigiada escola de culinária parisiense Le Cordon Bleu.

Durante a estadia na capital francesa, tirou o curso de panificação e confeitaria. Hoje, possui uma loja no sul da Califórnia, onde também dá workshops, compartilhando as técnicas que usa nas suas criações, que também gosta de exibir nas redes sociais. Além dos padrões sul-americanos, também recriou estampados russos. "Gosto da ideia de harmonizar as tradições têxteis de diferentes culturas", justificou já publicamente.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.