Em imagens sugestivas, o fotógrafo Ralf Klinger, sediado em Frankfurt, traz-nos frutas como o abacaxi, a banana ou mesmo o inocente limão em produções alusivas ao mundo do fetichismo.

Meias de renda, couros, piercings, correntes e cordas são elementos em interação com as frutas em imagens captadas em estúdio e com tratamento digital.

Ralf Klinger assume que este é um projeto particularmente divertido, embora, para o fotógrafo de publicidade e lifestyle, não tenha sido fácil “vestir” e “domesticar” as frutas que utilizou como modelos.

O fotógrafo com mais de 30 anos de carreira mostra-nos num curto vídeo parte do processo criativo empregue em “Fetish Fruits”.

Ralf conta-nos na sua página pessoal que “este projeto foi criado durante um intervalo de filmagens de um outro projeto. Ao abrir uma banana fresca foi assaltado pela imagem de despir. Daí passei para uma outra imagem, um striptease”.

Mais tarde, o fotógrafo acabaria por fazer uma outra associação, a da fruta ao fetiche. Nasciam as bases para este projeto. Passariam alguns meses até ao momento em que Klinger levou as frutas para estúdio. Antes, o criador assegurou-se que ninguém havia empreendido  um projeto semelhante.

Não havendo nenhum fotógrafo com tal portefólio, Ralf avançou com as suas fotografias fetichistas.

A primeira visada foi a banana: “Esta fruta entortada já é um pouco sugestiva e simbólica. Claro, isso dependerá de como olhamos para ela. O primeiro passo foi fotografar duas bananas, sobrepondo as imagens, tirando partido do melhor de cada top model”.

Paralelamente era feito o fato em couro. Uma peça de alfaiate feita à medida da banana fotografada.

Fato que seria fotografado à parte e, depois, ajustado digitalmente à banana por forma a obter a imagem final, a que vemos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.