Já antes da estreia, este agosto, o novo programa do enfant terrible da cozinha, o escocês Gordon Ramsay, já fez correr muita tinta mundo fora, não sendo Portugal exceção. No segundo, de seis programas da nova série, “Gordon Ramsay: Uncharted”, transmitido pelo canal temático National Geographic, o chefe de cozinha caçou uma cabra-montês, cozinhou-a e comeu-a. Na caçada, o protagonista do programa é acompanhado por um habitante local.

O episódio já transmitido nos Estados Unidos dividiu a opinião pública. Contra ou a favor, o que temos como certo quando Ramsay está envolvido é o facto de ninguém lhe ficar indiferente.

Depois de se celebrizar mundialmente em programas como “Hell's Kitchen” ou “The F Word” (onde também caçou), o chefe de cozinha de 52 anos, parte, agora, numa viagem épica mundo fora, num formato que também já mereceu críticas. Há quem veja oportunismo, com Ramsay a amealhar protagonismo no lugar deixado vago pelo norte-americano Anthony Bourdain, falecido há um ano.

As polémicas não são assunto recente no currículo de Gordon Ramsay. Em 2018 o chefe de cozinha causou celeuma após um comentário publicado no Twitter: "Sou um membro da PETA [organização que promove os direitos dos animais]. Pessoas que comem animais saborosos (Em inglês: ‘People eating tasty animals’)”.

Em Portugal “Gordon Ramsay: Uncharted” estreia a 7 de agosto, às 22h10. Longe dos restaurantes que lhe valem várias estrelas Michelin, o chefe de cozinha britânico parte numa viagem global que, como podemos ler no site oficial da National Geographic, é “uma oportunidade única na vida para explorar e restabelecer a ligação com as fontes dos ingredientes”.

"Para mim, esta jornada é completamente sobre comida e sobre descobrir o que está realmente por trás de um destino", afirmou Ramsay à mesma publicação.

“Ramsay acredita na aprendizagem através da execução, e seguiu os conselhos de habitantes locais em expedições por vezes angustiantes - estar perigosamente na encosta de uma montanha, no Peru, para colher um tipo de cato que tem larvas de insetos ricas em proteínas”, refere a National Geographic na apresentação ao programa.

Os seis episódios agora transmitidos levam Ramsay do Peru, à Nova Zelândia, de Marrocos ao Havai, do Laos ao Alasca, com o último episódio com transmissão prevista a 11 de setembro.

Ramsay é casado com Cayetana Elizabeth Hutcheson desde 1996. O casal, com cinco filhos, divide a sua vida entre Los Angeles, nos Estados Unidos da América e Londres, Inglaterra.

Entretanto, Matilde, de 18 anos, filha de Ramsay, estreou-se em 2015 na televisão com o seu próprio programa de culinária, prosseguindo na carreira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.