Com a cozedura a vapor conseguimos cozinhar vários alimentos em simultâneo – legumes, vegetais, carne e peixe – poupando tempo na preparação da refeição.

É o método ideal para cozinhar peixes delicados (por exemplo, linguado) e para conseguirmos legumes crocantes e tenros.

O resultado perfeito da cozinha a vapor é conseguido quando respeitamos estas regras básicas que nos são deixadas na primeira pessoa por Joana Andrade Nunes, do blogue Camomila Limão.

1.º Antes de introduzir os alimentos na cesta de cozer a vapor, temos de nos certificar que a água está quente mas ainda não se encontra em ebulição;

2.º A panela deve ter profundidade suficiente para suportar a colocação do acessório para cozer a vapor e garantir que os alimentos não entram em contato direto com a água;

Como cozinhar a vapor na perfeição!

3.º Não devemos adicionar sal durante a cozedura para que os alimentos preservem a sua cor e não lhes seja retirada qualquer humidade; só devem ser temperados no fim;

4.º Podemos adicionar ervas aromáticas e outros condimentos na água para aromatizar os ingredientes e potenciar os resultados da cozedura a vapor;

5.º Temos de ter muito cuidado quando retiramos a tampa da panela porque o vapor de água está extremamente quente podendo queimar a mão. Por isso, devemos retirar a tampa com ajuda de uma pinça e desligar o fogão antes de verificar se os alimentos já estão prontos;

6.º Temos de cumprir o tempo de cozedura de cada alimento e ter em atenção a forma de disposição dos ingredientes: na base do acessório para cozer a vapor, devem ser colocados os alimentos que demoram mais tempo a cozer (batata) e no topo os alimentos que cozem mais rápido (cogumelos e brócolos).

Tenha sempre esta tabela à mão para o ajudar:

AlimentoTempo de cozedura
(minutos)
Abóbora5-10
Alho francês (cortado em rodelas)10-12
Aipo15-20
Batata (sem casca, cortada em pedaços)12-14
Batata-doce (sem casca, cortada em pedaços)12-14
Beringela5-7
Beterraba45
Brócolos (ramos)8
Cebola (cortada em rodelas)12
Cenoura (cortada em pedaços)10
Chuchu (cortado em pedaços)15
Curgete5-7
Cogumelos 5
Couve10
Couve-de-bruxelas10
Couve-flor10
Ervilhas (grão)5-6
Espargos6-8
Espinafres1-2
Feijão-verde10-12
Milho5-7
Nabo15
Pimento12
Tomate10
Peixe (filetes)3-4
Peixe (inteiro) 40 g até 900g12-15

Em casa, utilize três acessórios diferentes para cozer a vapor – forno a vapor, wok e cesta de inox – ou a técnica do papelote.

FORNO A VAPOR (VAPOREIRA)

Sempre que cozinho para várias pessoas, utilizo o forno a vapor pois permite cozinhar uma grande quantidade de alimentos com uma qualidade extraordinária.

Tem ainda a vantagem de me “libertar” da cozinha pois o temporizador avisa quanto já estiverem prontos.

É de fácil utilização e limpeza.

A minha vaporeira é da marca Kuppersbuch e foi dos melhores investimentos culinários que fiz!

Contudo, o tempo que demora a aquecer e o gasto energético que implica só compensam quando cozinhamos, pelo menos, para quatro pessoas.

WOK

Utilizo a wok antiaderente para preparar legumes e/ou peixe a vapor para duas a quatro pessoas. É de fácil utilização e limpeza.

Conseguem encontrar este acessório, facilmente, em qualquer marca/loja com produtos para o lar/cozinha.

CESTA DE INOX

Utilizo a cesta de inox quando quero cozinhar a vapor quantidades pequenas de alimentos (por exemplo, para uma pessoa) ou quando quero cozinhar a vapor algum legume que vou adicionar à sopa inteiro.

Enquanto os legumes da sopa estão a cozer, coloco a cesta no topo da panela e cozinho os alimentos que quero adicionar inteiros (cogumelos, feijão, feijão-verde, cenoura etc).

As cestas de inox têm um custo muito acessível e podem ser adquiridas em qualquer loja de produtos para o lar.

São de fácil arrumação pois têm uma pequena dimensão e de fácil limpeza.

São especialmente adequadas para quem quer cozinhar a vapor até três pessoas.

Tenho estas duas cestas de inox que funcionam na perfeição:

CESTA DE BAMBU

As cestas de bambu também são um ótimo acessório para cozinhar a vapor e podem ser adquiridas facilmente em qualquer loja com produtos para a casa.

CESTA DE BAMBU

PAPELOTE (PAPILLOTE)

Também podemos cozinhar a vapor alimentos delicados com a técnica do papelote.

Basta envolver os ingredientes em papel de alumínio ou papel vegetal, fechar bem para que o vapor não saia e levar ao forno. Os alimentos vão cozinhar no seu próprio vapor ficando absolutamente divinais!

Costumo preparar papelotes individuais e servir ainda fechados para que cada convidado abra o seu e possa sentir o aroma maravilhoso! Temos apenas de ter cuidado ao abrir porque o vapor está muito quente!!

É uma técnica simples, sem muitos truques: basta adicionar algum líquido aos alimentos para criar vapor (sumo de citrinos, azeite, manteiga ou outros que temperam os ingredientes que vamos cozinhar) e fechar bem o papelote para que o vapor não saia enquanto os alimentos cozinham.

Quando preparamos carne ou peixe com legumes em papelote, devemos ter o cuidado de colocar os legumes e vegetais no fundo, como se fossem uma capa, e o peixe/carne no topo.

 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.