Sabe o que têm em comum Ines de la Fressange, Sharon Stone, Cindy Crawford, Sarah Jessica Parker, Elle MacPherson, Monica Bellucci, Anna Wintour e Nina Garcia? Elas são mulheres bem sucedidas nas suas carreiras profissionais, ícones de estilo e já ultrapassaram os 50 anos.

Aliás, aos 54 anos Ines de La Fressange lançou o livro de estilo “A Parisiense”. A ex-modelo francesa, que foi o rosto da Chanel nos anos 80, afirma que o estilo é um “estado de espírito”.  Sobre o que vestir depois dos 40, Ines refere “É preciso saber revigorar o nosso estilo quando envelhecemos. Não se trata de uma questão de mudança, mas de evolução”. E menciona três regras de ouro: “Nunca seguir convenções. Nunca ser insípida. E nunca ser desleixada.”

O facto é que Portugal está no grupo de 29 países do mundo com uma esperança média de vida de 80 anos ou mais, segundo um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS). Ou seja, vivemos durante mais tempo e trabalhamos até mais tarde. Por isso, a maior parte das mulheres tem uma vida mais ativa, do que as gerações anteriores.

A questão não é tanto o que vestir, de acordo com cada idade, mas sim ter em conta as mudanças físicas inerentes à passagem do tempo. É natural que depois da maternidade e que com o passar dos anos o corpo assuma uma nova forma e registe alguns sinais de envelhecimento: rugas, cabelos brancos, manchas, flacidez, celulite e alterações de peso. Mas por certo já ouviu dizer que os 50 anos são os novos 40 e assim por diante.

Acima de tudo saiba que não existem regras sobre o que deve ou não usar após os 40 anos, pois depende do seu tipo de corpo, estilo de vida e profissão, bem como do clima, da cultura e do meio ambiente que a rodeia. O importante é sentir-se confiante, aprender a aceitar as mudanças físicas e saber valorizar-se. Por isso, fuja dos clichés.

9 Dicas de estilo para rejuvenescer a sua imagem:  

  1. Use cores mais claras e alegres junto ao rosto

Vestir de acordo com a idade: verdade ou mito?1

Pode não saber, mas certas cores têm o poder de a rejuvenescer ou de a envelhecer, acentuando marcas no rosto, olheiras e rugas. Evite, como tal, o preto ou os tons muito escuros junto ao rosto e certifique-se de quais são as cores que mais a valorizam. Com certeza, já vestiu uma blusa colorida e todos elogiaram o seu “bom aspeto”. Prefira tons mais claros e alegres na parte superior do corpo, que suavizam os traços e conferem maior luminosidade ao rosto, quer seja em roupa ou em acessórios, como um lenço ou colar.

  1. Invista em acessórios

Vestir de acordo com a idade: verdade ou mito?2

Este é um conselho que estou sempre a dar, pois os acessórios são uma forma rápida e simples de transformar o seu visual. Quer seja um colar vistoso, uma pulseira, um lenço, um chapéu, uma mala ou um cinto, estas peças personalizam o seu look e desviam a atenção para esta zona do corpo. Se tiver rugas no pescoço ou manchas no decote, use e abuse de lenços.

  1. Modernize o clássico look preto & branco

Vestir de acordo com a idade: verdade ou mito?3

Esta é sempre uma aposta segura, mas o visual preto e branco não tem de ser monótono. Aposte em peças ou combinações mais modernas e em apontamentos de moda. Regra geral, as cores escuras “emagrecem” e os tons mais claros “aumentam”, embora a forma da peça seja o mais importante, pelo que use o preto nas zonas que pretende disfarçar e o branco nas áreas que pretende destacar.

  1. Os jeans são intemporais

Vestir de acordo com a idade: verdade ou mito?5

Uns jeans são práticos e versáteis em qualquer idade. Use uma blusa por fora e solta, se pretender disfarçar a barriga, com um casaco a direito e acima da anca. Ou então, invista num look denim on denim e misture diferentes tipos de ganga. Tenha em atenção que a barra na bainha das calças vai dar a sensação de ter umas pernas mais curtas.

  1. Prefira Cortes a Direito

Vestir de acordo com a idade: verdade ou mito?5

Se já não tem a cintura tão marcada e deseja disfarçar a zona da barriga, então aposte em casacos a direito ou em evasé. Não só são mais confortáveis, como quando usados abertos criam uma linha vertical, que alonga a sua silhueta. Os casacos de malha têm ainda a vantagem de se adaptarem aos movimentos do corpo, sendo mais práticos. Um casaco tweed (modelo Coco Chanel) também é uma boa opção para um look elegante, conferindo mais textura ao seu visual.

  1. O trench coat é perfeito para a meia estação

Vestir de acordo com a idade: verdade ou mito?6

De tecido leve e cintado, o trench coat (ou gabardina) de comprimento a 3/4 é perfeito para a mudança de estações. Além disso, quando usado aberto cria uma linha vertical, que afina o corpo e dá a sensação de ter mais altura. Inspire-se nestes modelos coloridos, que vão ser o centro das atenções e revelar a sua energia e personalidade.

  1. Não tenha receio de usar padrões exuberantes

Vestir de acordo com a idade: verdade ou mito?7

Estampados florais, às riscas, de xadrez ou étnicos são uma boa forma de dar textura ao seu visual. Não tenha receio de usar padrões mais exuberantes e coloridos, conjugando-os com tons neutros (branco, bege, preto e azul-marinho, por exemplo), ou com outros estampados da mesma família de cores. Esta é uma boa opção para usar as tendências de cada estação ou, até mesmo, revelar o seu lado mais artístico e criativo.

  1. Escolha vestidos que a valorizem

Vestir de acordo com a idade: verdade ou mito?8

Há quem prefira modelos em evasé (trapézio), por disfarçarem mais a barriga e as ancas, se essa for a sua intenção, como quem prefira destacar a cintura e usar um modelo mais ajustado ao corpo. Todas as mulheres têm corpos diferentes e não existe apenas uma solução. O importante é sentir-se bem e confortável. Experimente usar modelos com as mangas a 3/4, se pretender afinar a sua silhueta e cobrir mais os braços, e tecidos mais estruturados, que não fiquem “colados” ao corpo. O comprimento pelos joelhos também é uma boa aposta.

  1. Crie uma assinatura de marca com os óculos

Vestir de acordo com a idade: verdade ou mito?9

Com a passagem do tempo também diminui a capacidade de visão e é natural que tenha de usar óculos graduados. Escolha um modelo que combine com o seu rosto, mas que também possa ser uma afirmação de estilo. Aliás, os óculos de vista podem ser a sua assinatura de marca, pelo que não tenha receio de apostar em armações coloridas, em formatos vintage ou menos tradicionais.

Rita Carvalho

Blog: www.instyleland.com

Veja mais dicas de estilo de Rita Carvalho aqui.