Não é fácil lidar-se com um cabelo oleoso, até porque este precisa de mais cuidados e acima de tudo produtos específicos para tentar combater este problema. Mas, será que sabia que por vezes, basta alterar a sua alimentação para que o seu organismo não produza tanto óleo? Fique a saber quais são os alimentos mais prejudiciais para o seu cabelo e tente reduzi-los ao máximo na sua alimentação.

Lacticínios

Pode nunca se ter lembrado disto, mas os lacticínios podem ser uma das causas do excesso de óleo no corpo e isto deve-se ao facto de estes serem ingeridos como se tratasse de gordura ou óleo. Se consome muitos lacticínios já deve ter percebido que o cabelo tem tendência a ficar muito mais oleoso, já para não falar no eventual surgimento de acne.

Pão

Por ser um alimento refinado, o pão acaba por fazer com que o corpo fique sobrecarregado com o processo da digestão e isso acaba por fazer com que as gandulas sebáceas produzam gordura em excesso e consequentemente tornem o seu cabelo oleoso.

Fritos

Que os fritos vem acompanhados de gordura isso é fácil de prever, mas o problema é quando o corpo acaba por ficar extremamente carregado e a oleosidade começa a espalhar-se pelo corpo e também pelo cabelo.

Sal

Também o sal em excesso é prejudicial para o seu cabelo e isso pode ser observado na caspa que surge, no inchaço do rosto ou até mesmo nos olhos. Como existe falta de água neste componente o corpo tenta compensar esta com mais óleo e gordura e é por isso, que o cabelo acaba por ficar sujo mais rapidamente.

Açúcar

Tal como já sabe, o açúcar em demasia não favorece em nada o seu organismo e por isso, quando este se encontra em excesso cria um desequilíbrio nas hormonas e aumenta os níveis de glicose no sangue, o que acaba também por afetar as glândulas capilares que acabam por produzir mais óleo e assim tonar o seu cabelo muito mais oleoso.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.