A paisagem é idílica. Águas quentes e calmas, areias finas e palmeiras altas e verdejantes. Para completar o cenário, que poderia facilmente figurar na capa de muitos guias de viagens, muitos cães correm à beira-mar enquanto brincam uns com os outros, à espera de festas e de atenção dos turistas. É este o cenário que muitos encontram em Providenciales, uma das 40 ilhas do arquipélago das Ilhas Turcas e Caicos. Desde 2005 que é assim.

Nessa altura, com o objetivo de reduzir o (elevado) número de cães abandonados e perdidos naquela zona, Jane Parker-Rauw criou a Potcake Place. Agora, 14 anos depois, esta organização sem fins lucrativos sobrevive à base do voluntariado e da boa vontade. Os animais são resgatados de várias ilhas e transportados para as praias. Depois, várias famílias de acolhimento alimentam-nos e cuidam deles diariamente, incluindo os turistas.

Todos os dias, a ilha recebe visitantes de todo o mundo. São eles a esperança de Jane Parker-Rauw. A fundadora da organização convida todos aqueles que estão de férias a visitar o abrigo e não só. Todos os cães podem passar um dia com os viajantes. O objetivo é que os animais socializem e que sejam adotados, situação que tem vindo a acontecer com frequência. Os números são otimistas. Em média, 500 cães são adotados todos os anos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.