Há praias, aldeias, vilas e cidades, que nem sempre surgem nos roteiros turísticos, mas que estão repletos de história e paisagens deslumbrantes, onde vai poder envolver-se na cultura local e desfrutar de umas férias mais intimistas. É o caso destes! Dizemos-lhe o que visitar, quando deve ir e o que deve experimentar em termos de gastronomia. Deixe-se seduzir pelas nossas propostas tentadoras e (re)descubra-os.

Além de cenários campestres e pitorescos e de alternativas mais urbanas a considerar, há destinos com águas cristalinas e natureza a perder de vista, com a vantagem de não ter de andar aos encontrões para visitar monumentos nem de ter de disputar os cenários das suas fotos com centenas de turistas. Veja, de seguida, 10 opções a considerar para uma escapada mais curta ou até para umas férias mais prolongadas.

1. Karlovac na Croácia

É uma cidade renascentista construída em forma de uma estrela de seis pontas. É também o ponto de partida ideal para conhecer a região de Lika, onde pode desfrutar de praia, parques naturais e montanhas. Setembro é o melhor mês para ir. Vai ter bom tempo, mas com temperaturas não tão altas como em agosto e menos turistas. O centro histórico de Karlovac e as colinas de Velika Kapela são atrações imperdíveis.

O castelo de Dubovac, a praia Zrce e o parque Plitvive Lakes, conhecido pelas cascatas e pelos seus lagos, são outros dos principais sítios que deve visitar. Em termos gastronómicos, não deixe de experimentar o borrego com batatas no forno, que é um prato típico, mas prove também o queijo skripavac e os frutos silvestres que abundam na região, como é o caso dos mirtilos e das framboesas.

10 destinos (ainda) por descobrir na Europa

2. Kirkwall na Escócia

É uma cidade com origem viking e o seu centro histórico preserva essa origem de forma excecional. É a capital do arquipélago de Orkney no norte da Escócia. Deve ir a esta cidade de maio a junho, altura com temperaturas mais amenas e com menos vento, já que durante o resto do ano é uma região muito ventosa. Se for em junho, tem a oportunidade de ver o Saint Magnus Festival, com espetáculos de música, dança e teatro.

Para além do centro histórico, parta à descoberta das praias e da restante ilha. Não perca as ruínas neolíticas de Skara Brae, umas das mais bem preservadas da Europa Ocidental. O peixe e a carne de carneiro são os ingredientes principais da gastronomia deste arquipélago escocês. Não deixe, por isso, de experimentar os pratos típicos à base destes ingredientes, que pode acompanhar com cerveja local.

10 destinos (ainda) por descobrir na Europa

3. Cáceres em Espanha

Para além da proximidade com Portugal, é um destino fantástico para quem gosta de turismo ativo. Aproveite para ir no outono e na primavera, que são as alturas ideias para visitar Cáceres dado que, nesses períodos, as temperaturas são amenas e a natureza está esplendorosa. O centro histórico de Cáceres, decretado Património da Humanidade pela UNESCO, é imperdível, mas nas redondezas há outros locais obrigatórios.

Um deles é o Real Monastero de Santa María de Guadalupe, o Parque Natural do Tejo Internacional e o Parque Nacional de Monfrague. Nestes dois últimos, pode observar aves, fazer caminhadas ou outros desportos de aventura. Em termos de tentações gastronómicas, gaspacho, migas, queijos de ovelha e cabra e presunto são algumas das especialidades a provar, assim como o vinho típico da região.

10 destinos (ainda) por descobrir na Europa

4. Bergen na Noruega

É a porta para os fiordes noruegueses e uma cidade com um cenário medieval. Vá de maio a setembro, altura em que os dias são maiores. Se for em setembro, aproveite para ir ao Bergen Food Festival. Visite a zona de Brygeen, toda a zona do cais, o mercado do peixe e ande no funicular de Floibanen, para ter uma vista panorâmica sobre a cidade. Obrigatório é também fazer uma das várias excursões aos fiordes.

Muitas das que são comercializadas combinam uma viagem de comboio e, claro, de barco. Um passeio que oferece paisagens deslumbrantes. No que se refere à gastronomia local, coma salmão, bacalhau e borrego. Sãos os ingredientes mais típicos e não faltam receitas a experimentar. Prove também a aquavit, a bebida do país que é feita com batata aromatizada e ervas, como o anis, cominho, erva-doce e coentros.

10 destinos (ainda) por descobrir na Europa

5. Arcachon em França

É um excelente ponto de partida para visitar a Baía de Arcachon, com 1.500 hectares, que é alimentada pelo mar e por cursos de água doce e está cercada de areia fina e um extenso pinhal. Na cidade, cada bairro representa uma estação do ano. Vá em junho e julho, altura em que as temperaturas são mais altas. Aproveite para passear em Arcachon. Não deixe de subir à Duna do Pilat, a maior duna do continente europeu.

Visite todas as povoações ao longo da baía e aproveite para andar de bicicleta, para fazer windsurf e/ou para caminhar, desfrutando da natureza em todo o seu esplendor. Como é muito dado à atividade física, este destino é perfeito para descobrir em família. Visite também os mercados com os produtos típicos que encontra em várias localidades. As ostras são um dos ex-libris desta região, tal como o vinho de Bordéus.

10 destinos (ainda) por descobrir na Europa

6. Otranto em Itália

Tem as melhores praias da Puglia, Apúlia na designação portuguesa. Numa zona conhecida como Salento, situada no tacão da bota italiana que muitos identificam no mapa da Europa, para além de ser uma região repleta de história com vestígios gregos e romanos, motivos de interesse não faltam. Julho e agosto são os melhores meses para passar por esta zona porque vai encontrar tudo a funcionar e tem transportes para ir para todo o lado.

Em junho e setembro, apesar de ainda estar bom tempo, alguns dos serviços turísticos estão encerrados. Perca-se nas ruas de Otranto, entre no castelo e na catedral e, depois, explore a costa adriática e a costa iónica. Porto Cesareo, Gallipolli, Porto Badisco, Torre San Giovanni e Santa Maria del Leuca são alguns dos pontos a visitar. Se gosta de andar de barco, visite as grutas Zinzuluza e Grande Del Cielo.

Quanto à gastronomia italiana, uma das famosas e apreciadas em todo o mundo, nas massas, o destaque vai para as massas orecchiette e para o tagliatelle com tomate e basílico ou com ricota ou pecorino, mas os peixes e as pizas com muitos vegetais, na melhor linha dos princípios da famosa dieta mediterrânica, também não lhe ficam atrás. Além dos vinhos italianos, deixe-se também tentar pelo Limoncello, licor de limão.

10 destinos (ainda) por descobrir na Europa

7. Maribor na Eslovénia

À semelhança de Guimarães, ostentou o título de Capital Europeia da Cultura em 2012. Nessa altura, falou-se muito de Maribor mas, depois, o entusiasmo arrefeceu. Visite esta cidade durante a primavera, porque verá os campos florescer. O verão, que é a altura ideal para fazer caminhadas nas redondezas da cidade, também é uma boa altura. Aproveite para conhecer a cidade velha ao longo do rio Drava, que parece um presépio em miniatura.

A lista de atrações turísticas imperdíveis inclui as colinas de Piramida e de Kalvarja, onde estão situadas as famosas vinhas da região, a par de Pohorje, uma floresta com quedas de água. A Eslovénia tem 170 pratos típicos reconhecidos, cujos ingredientes principais são a couve, o feijão e a batata. Experimente o bograc (um guisado) e a potika (um doce). A doçaria da região também merece ser descoberta e saboreada.

10 destinos (ainda) por descobrir na Europa

8. Bruges na Bélgica

É a Veneza do norte da Europa, como muitos lhe chamam, repleta de canais e desenhada num estilo medieval. Entres estes 10 destinos, este será onde vai encontrar mais turistas. Visite Bruges de maio a setembro, sobretudo por causa do tempo. Passeie pelas ruas, ande de barco nos canais, suba à torre do Grotte Market, onde tem uma vista deslumbrante para a cidade e, depois, descanse nos parques.

Quanto a museus, não perca o Groeningemuseum, museu de pintura flamenca. Tem também ainda o Choco-Story - The Chocolat Museum, o delicioso museu do cacau e do chocolate. Visite tambéma praia Zeebruge. Experimente ainda a sopa waterzooi, as endívias e o ensopado de carne são típicos da Flandres. O chocolate e a cerveja são duas das divisas da Bélgica. Aproveite para provar as muitas variedades disponíveis.

10 destinos (ainda) por descobrir na Europa

9. Lugano na Suiça

Está situada à beira do Lago de Lugano e, apesar de ser uma cidade suíça, tem um ar mediterrânico. A primavera e o verão são as melhores alturas para a visitar devido às temperaturas amenas e à natureza resplandecente. De maio a outubro, não perca o The Long Summer, que tem programados vários concertos e muitos espetáculos. Passeie nas margens do lago e visite o Parco Civico, que tem várias plantas subtropicais.

Nos arredores, vá a Gandria, uma aldeia de pescadores, suba ao Monte San Giorgio e entre no mundo liliputiano da SuissMiniantur, em Melide, onde fica a conhecer todo o país. Prove minestrone, polenta, peixes de água doce, coelho e torta de pão. Em termos de delícias gastronómicas, o chocolate, produzido com o leite dos Alpes, tal como muitos dos queijos, também merecem uma degustação atenta.

10 destinos (ainda) por descobrir na Europa

10. Ceský Krumlov na República Checa

Parece uma cidade saída dos contos de fadas infantis e destaca-se por apresentar regularmente uma programação cultural intensa, apesar de figuras em poucos guias turísticos. Está situada no sul da Boémia, a cerca de 180 quilómetros a sul de Praga. Visite esta cidade entre maio e agosto, altura em que o tempo é agradável e convida a passeios. No verão, esta cidade é palco de vários festivais de música e arte barroca.

A cidade, que integra a lista do Património Cultural da UNESCO, é pequena mas tem vários pontos de interesse, como o palácio, com a sua sala de máscaras e o teatro barroco, a Catedral de São Vito e as lojas de artesanato. No que se refere à gastronomia típica, não deixe de provar a carne de porco assada com repolho agridoce estufado é um dos pratos checos mais aclamados. E, claro, prove a cerveja nacional!

10 destinos (ainda) por descobrir na Europa

Texto: Rita Caetano e Luis Batista Gonçalves

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.