Em destaque

Horóscopo de Escorpião

Previsores

Biografia

Vera Xavier trabalha com o Tarot desde 2002. Terapeuta, formadora e palestrante na área do Desenvolvimento Pessoal, Coaching e Reiki. Ministra cursos de Tarot, Meditação e Reiki. Morada: Rua Teixeira de Pascoais, Lisboa Skype: VeraXavier2 www.facebook.com/VeraXavierOficial/

Agenda

Novos Cursos de Tarot Lisboa - Janeiro 2018 Porto - Janeiro 2018 Online - Janeiro 2018

Consultas

Porto - 26 de janeiro Coimbra - 2 de fevereiro Leiria - 8 de março

Escorpião - 18 de Janeiro de 2018

3 de Copas

Mais uma carta bonita de copas?! Hoje o 3 de Copas diz que pode receber boas notícias!
Pode ser a conclusão feliz de algo que estava pendente; ou um rasgo de sorte; uma partilha de momentos únicos; ou ainda o sentir-se de bem consigo e com a vida!
Tente manter esse clima de serenidade em casa, por si, pela sua “metade”e pelos seus familiares.

Escorpião - 15 a 21 de Janeiro de 2018

5 de Ouros

O 5 de Ouros é uma carta difícil no que toca a materialidades. Ela pede que tenha atenção aos negócios e que não arrisque. Esta não é a melhor altura, ou vibração, para fazer investimentos incertos. Mesmos os “certos” deve analisa-los detalhada e demoradamente.

No caso de esta energia referir-se aos amores, indicando alguma confusão ou fase menos boa, então, o conselho do Tarot é que pense tranquilamente em como deve gerir essa situação, eventualmente, dolorosa.

Por norma, o Universo põe-nos no caminho situações, ou pessoas que nos levam a cenários repetidos para termos a oportunidade de melhorar a nossa postura, de melhorar a maneira como gerimos momentos de conflito e/ou de dor. Por isso é que ouvimos tantas vezes expressões do género: Mas então, eu não saio do mesmo? Eu não saio do mesmo padrão? – Pois, enquanto não mudarmos e melhorarmos, não saímos mesmo! E este processo pode levar vidas e vidas! Talvez seja hora de deixar de “reagir” e começar a Agir serenamente e sem responder, simplesmente aos impulsos externos.

Antes de atirar uma pedra, pense porque é que sente necessidade de a atirar. Antes de responder agressivamente ao que quer que seja, contenha-se e monitorize-se! Se ninguém parar, isto nunca mais muda, verdade?

As palavras-chaves desta semana são: prudência e tolerância.

Escorpião - 2018

O Dependurado

Queridos filhos de Plutão, o ano vai exigir decisões. Chega de protelar, chega de empurrar com a barriga o que está pendente. Estas pendências afastam a felicidade, o Amor, a harmonia, a prosperidade, a saúde, a realização, o que for, de si. Chega de ficar na desconfortável zona de conforto! O que aprendeu nesta fase em que deixou a vida - ou pelo menos vários aspectos importantes dela - ficar para segundo plano? Pouco, certo? Nós crescemos na mudança, na aventura, no desafio e não no marasmo e no tudo controladinho… e nós queremos tanto o ‘controladinho’!

Será que já realizámos que não controlamos coisíssima nenhuma na vida? Podemos e devemos dar o impulso pessoal, mas já vimos, várias vezes até, que a vida faz exactamente o que quer. Ela conduz-nos para onde temos que ir e estar.

Sente-se em cima do muro? Pois é, tem que escolher um lado e saltar. Não tem a certeza absoluta de que aquele lado é o melhor? Ninguém tem certezas absolutas, ainda assim, saltamos. Temos que saltar. A vida só acontece depois destes saltos. Os saltos não precisam de ser imprudentes nem irracionais. Não têm de ser nem devem sê-lo. Os saltos podem ser pensados, sentidos, intuídos… Seja qual for a alavanca, salte! Não desperdice esta vida, esta oportunidade divina, esta passagem pela Terra - que é um planeta-escola.

Amor - E por falar em muros e saltos…

Vou pedir-lhe que saia da onda - se for mulher - e da caverna - se for homem. (Referencia ao extraordinariamente divertido e assertivo livro ‘Homens de Marte e as mulheres são de Vénus’, em que o autor, John Gray, diz que as oscilantes emoções das mulheres fá-las viver em ondas e o silêncio a que se remetem os homens em momentos de stress fá-los procurar as cavernas). Portanto, vamos sair dos estigmas e procurar o lugar em que ambos se sentem confortáveis. Que tal à beira do mar com uma caverna por trás? Eis um lugar seguro para ambos! Pode é, é preciso ceder, é preciso encontrar estratégias e soluções para que se ultrapassem as diferenças óbvias entre os sexos e possamos viver o Amor em verdade e com entrega. Somos, homens e mulheres, opostos complementares, ou seja, conseguimos viver harmoniosamente se cada um fizer a sua parte. Não pode apenas um puxar a carroça! Não funciona, não resulta e traz um enorme desgaste físico, emocional e psíquico. Ambos têm de trabalhar na relação dando cada um o seu input, alimentando-a, nutrindo-a.

Para os solteiros há a dizer: Saia do medo! Arrisque! Use a sua típica sedução e poder pessoal. Sim, tem com fartura! Descubra-os. Ponha-os à provas. É que sabe, quando chegar aos 99 anos vai ter muita, mas mesmo muita pena de não ter arriscado mais, de não ter vivido mais. Pode ter a certeza! Não escolha uma vida vazia…

Trabalho - Tendo o Dependurado como regente é natural que sinta que a vida torna-se mais lenta ou mesmo algo perra. Isto pode dever-se à necessidade de fazer uma análise profunda e honesta sobre o caminho que está a trilhar. É mesmo por aí que quer ir? Se sim, os queixumes têm que parar e há que tornar o trilho tão interessante e edificante quanto possível. Se já não quer trilhar essa senda, allez! Vamos lá actualizar os objectivos, planear o caminho novo, sondar o mercado e estabelecer contactos. Tudo isto pode ser feito com calma e organização. Não se pedem saltos no escuro, pedem-se atitudes positivas e construtivas. Se assim for, haverão mudanças, caso não, pois ficará tudo na mesma. Não queremos isso, pois não? Não!

Últimas de Astral

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.