SMS mentiroso demora mais tempo a ser escrito, diz estudo

Cem estudantes foram alvo de pesquisa

Segundo pesquisa realizada pela BYU (Brigham Young University), em Utah, um SMS com mentiras demora mais10% do tempo a ser escrito do que uma mensagem sem informação duvidosa. A conclusão, baseada num estudo sobre cem estudantes de duas universidades dos Estados Unidos, visa ajudar a criar métodos de identificação de comportamento desonesto.

O processo de pesquisa foi muito simples: os voluntários tinham de responder a cerca de 30 perguntas e metade delas tinham de ser mentira. As respostas estavam a ser monitorizadas e detetou-se que para além dos SMS mentirosos demorarem mais tempo a serem redigidos, eram menos precisos.

Para Tom Meservy, professor da BYU e coautor do estudo "as conversas digitais são propícias às mentiras pela facilidade com que se pode esconder a própria identidade e escrever coisas falsas, porém críveis. Infelizmente os seres humanos são péssimos em detetar quando estão a ser enganados. Estamos a criar técnicas para corrigir isso”.

Um desafio que pode ainda demorar décadas, pois um cidadão comum tem capacidade para detetar até 54% das mentiras se estiver num frente a frente, fruto das expressões faciais e do tom de voz. Mas escondidos por trás de uma máquina, tudo se torna mais fácil para o mentiroso e mais difícil para a vítima.

artigo do parceiro: Nilza Rodrigues

Comentários