Os melhores gestores e empresários portugueses são conhecidos a 9 de outubro

Depois de Troia ter recebido, em abril, os Business Excellence Forum & Awards (BEFA) para a Europa, Médio Oriente e África (EMEA), Lisboa, prepara-se para acolher, no próximo dia 9 de outubro, os BEFA Portugal, prémios promovidos pela ActionCOACH, a maior empresa de coaching a nível mundial, que irão distinguir os melhores gestores do País.

O evento marca o regresso de Bradley Sugars a Portugal, fundador da empresa e coach executivo que mais livros vende na Amazon, autor de vários best-sellers, sendo o último ‘Buying Customers’ (‘Comprar Clientes‘). Carla Rocha, apresentadora da RFM e formadora na área da comunicação, será a segunda oradora de serviço e far-se-á acompanhar pelos atletas oradores do Comité Olímpico de Portugal Filipa Cavalleri, Marisa Barros, Nuno Barreto e Joaquim Videira.

O australiano Brad Sugars é conhecido pelo seu estilo assertivo, orientado para resultados, que conduziu milhares de empresários para o lucro e sucesso. Brad é também autor de vários livros, best-sellers, sendo o último ‘Buying Customers’ (‘Comprar Clientes’), edição portuguesa pela TOP Books, considerado um guia inovador em angariar clientes para qualquer negócio. Brad Sugars difunde a educação e a formação nos negócios para o máximo de pessoas possível com o objetivo último de terem um business coach personalizado no seu próprio negócio.

Durante um dia, o Hotel Marriott será palco de uma série de workshops para educar, formar e treinar empresários, equipas, fornecedores e clientes em diversas áreas, como a gestão de vendas, rentabilidade de negócio, tesouraria, liderança e gestão de equipas, tudo num ambiente informal, mas sempre intensivo. Ao mesmo tempo, os participantes poderão rentabilizar as suas ações de networking e, assim, potenciar novas oportunidades de negócio. Ao longo do dia de trabalho serão, ainda, entregues dez prémios que irão distinguir a excelência nas empresas portuguesas. Qualquer empresa com ou sem fins lucrativos poderá candidatar-se aos galardões, que serão atribuídos por um júri independente.

O evento marca, ainda, os dez anos da ActionCOACH Portugal, cujo diretor executivo e responsável é Ken Gielen. De origem Belga, Ken acompanhou a primeira década em Portugal e considera o balanço francamente positivo: “Em dez anos a ActionCOACH já presenciou um ciclo de crescimento e um grande período de recessão e formou mais de 1.000 empresários portugueses sobre vendas e gestão, sistematização e crescimento de negócios, contribuindo diretamente para a economia portuguesa. No ano de 2014, acompanhámos mais de 40 empresas, que em média cresceram 15.5% na faturação e que em conjunto criaram 128 postos de trabalho.  Segundo o estudo Competitors publicado pela D&B, 87,5% das empresas portuguesas tem menos de nove colaboradores, pois existem muitos desafios de controlo e gestão de equipas, dificultando o crescimento para além de 10 colaboradores. É esse o foco principal das ferramentas de coaching de negócios da ActionCOACH, ajudar a crescer de uma forma sustentada e equilibrada.“

Além de Portugal, os BEFA decorrem ainda nos Estados Unidos, Canadá, Austrália, Indonésia e a região EMEA (Europa, Medio Oriente e Africa). Os BEFA realizaram-se pela primeira vez nos Estados Unidos, em 2011, chegando à região EMEA em 2012.

As categorias premiadas nos BEFA são: melhor cultura empresarial, melhor impacto na comunidade com ou sem fins lucrativos, empresa mais inovadora, empreendedora do ano, empreendedor do ano, jovem empreendedor do ano, empresa com crescimento mais rápido (em número de trabalhadores), CEO do ano, melhor empresa do ano e melhor campanha de marketing.

Mais em http://www.actioncoachportugal.pt/bef/index.html

Comentários