Karl Lagerfeld aponta erros a Coco Chanel

A estilista não terá acreditado nos jeans e na mini-saia
Karl Lagerfeld veio agora a público afirmar que Coco Chanel não tinha muito controlo sobre o que falava no final da sua carreira.


O designer e director criativo da Chanel insiste que é um grande fã da fundadora da Maison Chanel, mas admite que Coco cometeu muitos erros durante seu legado.

"Coco fez muito, mas nem tanto quanto as pessoas pensam ou até como ela mesma pensava no final da sua carreira. Ela sobreviveu a todos, pois conseguia fingir coisas que outros estilistas, como Madame Vionnet, não podia. Eles não têm personalidade para dizer as coisas que Chanel dizia. Ela não foi apenas uma designer, ela era uma mulher à frente de seu tempo”, disse o designer.

O Kaiser apontou alguns dos seus deslizes: "O seu primeiro erro foi quando ela disse que nenhum dos homens com os quais ela conversava gostavam de mulheres de mini-saia. Acho que ninguém se atrevia a dizer a esta senhora, na altura com 86 anos, que as mini-saias são um grande sucesso, além de muito sexy. O segundo foi quando ela decidiu falar que o jeans era horríveis. Essa gafe foi bem na década de 60, época em que a moda no mundo estava a vibrar com mini-saias e jeans. O resultado foi que ela perdeu o crédito, no final ninguém se importava com o que ela falava."

Karl também diz que ele usa os componentes-chave da marca francesa, mas acrescenta seu próprio toque às coleções."Eu jogo com elementos Chanel, como um músico toca com notas. Não se tem que fazer a mesma música, se for um músico decente”, disse ao vogue.com.




12 de Novembro de 2010


BangShowbiz

Comentários