Jovem que leiloou virgindade diz-se enganada por cineasta

Divergências no documentário estarão na base da polémica

Ingrid Migliorini, 21 anos, mais conhecida por Catarina por assim se ter apresentado na internet a leiloar a sua virgindade, diz ter sido engana pelo cineasta Justin Sisely, autor do documentário que mostraria a sua primeira relação sexual com o jovem Alex Stepanov.

"Fui uma vítima, fui enganada por Justin Sisely. Acredito que ele está a tentar defraudar-me",revelou ao jornal "The Huffington Post", acrescentando que não recebeu o valor combinado para o documentário, nem as despesas de viagem a Austrália, onde decorreram as filmagens. Por outro lado, Sisely nega as acusações: "Ela faltou às gravações por várias vezes. Após dois anos e três vistos recusados tentando levá-la para a Austrália, Ingrid deixou o país para um desfile de moda no Brasil", contou.

A jovem arrebata afirmando que o cineasta pretendia forjar palavras e sentimentos e que a usa como exemplo para conseguir outros voluntários virgens para o seu projeto e fazê-los acreditar que se tornarão ricos e famosos.

Depois das palavras trocadas em público,aguardam-se novos desenvolvimentos da história. Entretranto Catarina, ou melhor Ingrid Migliorini, continua a faturar com a capa da Playoboy em janeiro deste ano.


artigo do parceiro: Nilza Rodrigues

Comentários