Designer nacional na Milano Design Week

Ana Fatia é a única portuguesa convidada a integrar o Temporay Museum for New Design em Milão

A designer industrial Ana Fatia é a única portuguesa a participar no Temporary Museum for New Design – freeDom, iniciativa que integra a Milano Design Week, que arranca hoje em Milão, no norte de Itália.

A designer integra a exposição com a coleção «Mother Mine & All of Us», uma linha de mobiliário produzida em Corian, inspirada na anatomia humana.

Para poder participar nesta prestigiada feira internacional de design, Ana Fatia recorreu ao crowd funding, apelando ao apoio, logístico ou monetário de empresas, entidades ou particulares para conseguir suportar as despesas relacionadas com o transporte das suas peças, que rondou os 3.000 euros.

A Milão a designer portuguesa leva uma coleção limitada de mobiliário, composta por duas peças. Uma cómoda com o original nome de «Incómoda de saltos altos» e o banco «DoSitz's». «O projecto é 100% português e conta a valiosa colaboração de empresas ao nível da produção industrial e promoção: Tampcor (representante português da Dupont), Jhónorio, NSFLaser, Origami Produções, Europac, M2 Artes Gráficas, MMStudio e Droid.ID», refere a designer em comunicado.


Reconhecimento internacional

Em 2012, Ana Fatia também foi selecionada para um evento internacional em Milão, tendo apresentado a coleção no Salone Satéllite, integrada na feira de mobiliário da cidade. Foi um dos 100 jovens talentos de todo o mundo a representar o design contemporâneo. O ano passado ainda foi convidada a estar presente na Paris Design Week, integrando, enquanto jovem talento, uma das exposições no Museu Contemporâneo - Les Docks, Cité de la Mode et du Design.

Apesar de ainda serem pouco conhecidas e mediatizadas em Portugal, as originais produções de Ana Fatia têm despertado interesse no estrangeiro. Já tiveram direito a destaque em publicações e meios da especialidade internacionais como a revista Monocle em março de 2013, a edição russa da Elle Decor, a Design Milk e a publicação da Young Society of Design no Japão.

artigo do parceiro:

Comentários