Como funciona

E se tivesses que explicar como funciona o Mundo?

Estava a conduzir e fui atingida. O pensamento chegou como o primeiro relâmpago de uma forte trovoada.

"E se tivesses que explicar como funciona o Mundo? "

"Hã!? "

"Sim. Imagina que estavas a ser entrevistada por um extraterrestre e tinhas que explicar, em poucas palavras, como é que o Mundo funciona!"

"Ai caneco!..."

A tempestade começara! Continuei a guiar sabendo que já não podia sair dela. Entrei na rotunda, com atenção e cuidado, dei pisca, saí e, com a consciência plena das ações do meu corpo, permiti que a imaginação fosse para o espaço.

O extraterrestre tinha um ar bastante simpático e o ambiente era confortável. O único problema era a questão que me estava a ser colocada.

- Ana Amorim Dias, muito obrigada por ter aceite o nosso convite. Gostaríamos que explicasse ao nosso povo como é que o vosso planeta funciona.-

- Eh... pois. O nosso planeta...-

" És mesmo maluca! Tu metes-te em cada uma...!!

Reparo que todos os carros me estão a ultrapassar. Volto ao ritmo normal.

 - O nosso planeta funciona com as mesmas regras físicas e químicas que o vosso. É um planeta muito belo em que a natureza, ao sair dos eixos, tem os seus próprios e eficazes métodos de regressar à harmonia...-

- E a vossa espécie? Como funciona?-

- A história da humanidade está quase toda na internet, é só irem lá consultar, o que posso fazer é dar uma opinião muito geral...-

- Parece-me bem. - comentou o encantador ser.

- A humanidade anda esquecida de como ser feliz. Desligou-se da natureza e higienizou-se demais, tornando-se muito indefesa. Os Homens vendem a vida em profissões de que não gostam, a troco de dinheiro que usam para comprar coisas de que não precisam e que, ao adquirir, lhes acentuam a sensação de vazio. Vendem a vida por dinheiro sem tentar sequer perceber qual é o ofício da sua alma. Trocam o SER pelo TER e, com isso, ganham inimigos, guerras, doenças e mutilam o seu íntimo com sentimentos absurdos.  Passam o tempo a sonhar com o "depois" à espera que a plenitude lhes chegue, na forma de algo ou alguém, e ignoram por completo a responsabilidade de serem plenos no "agora"...

- Oh céus... Precisam da nossa ajuda? Ainda há esperança para vós?- E aí vem-me o sorriso.

- Há cada vez mais gente no Mundo a saber tudo isto com uma certeza ancestral. E depois temos um poderosíssimo aliado!...-

- Quem!?-

- O amor. O mais puro e profundo amor, a nós mesmos e ao próximo!-

- Waow!!!- disse o extraterrestre enquanto eu estacionava o carro, sã e salva, cá na Quinta.

 Ana Amorim Dias

Biografia

artigo do parceiro: Ana Amorim Dias

Comentários