As mais recentes polémicas de Joan Rivers

Polémicas que tanto a podem fazer rir como detestar esta mulher super extravagante

Joan Rivers de 80 anos é sem dúvida uma figura muito mediática principalmente pelos os escandalos em que se vê envolvida. A atriz, comediante e apresentadora de televisão tem uma forma muito característica de comentar e satarizar não só outras celebridades, como ela própria. Nada lhe passa ao lado e arranja sempre forma de criticar tudo e todos. Alheia a consequências, esta Nova Iorquina é conhecida pelo seu humor sarcástico e quase sádico. Atualmente apresenta o programa Fashion Police, exibido no canal de televisão E!, e desenha e vende a sua própria linha de jóias no QVC.  É também conhecida pelas inúmeros operações plásticas que tem feito ao longo dos anos.

Vamos contar lhe algumas das mais recentes polémicas em que se tem envolvido. Polémicas estas, que tanto a podem fazer rir como detestar esta mulher super extravagante.

- "A última vez que um alemão pareceu tão escaldante foi quando estavam a empurar os Judeus para os fornos"

Este foi o comentário de Joan Rivers a propósito do vestido decotado usado por Heidi Klum na festa após a entrega dos Óscares. Este comentário teve, obviamente inúmeras reações por parte do presidente da Liga Anti-Difamação, bem como do público em geral. Os seus comentários foram considerados  vulgares e ofensivos para os judeus e para os sobreviventes do Holocausto. A organização criticou ainda Giuliana Rancic, Kelly Osborne e George Kotsiopoulos (outros comentadores do programa), que se riram da piada em vez de condenarem a atitude de Joan. A resposta de Joan, também ela judia, às críticas feitas foi:"O meu marido perdeu grande parte da sua família em Auschwitz e eu tenho feito sempre questão de usar o humor para lembrar as pessoas sobre o Holocausto." Rivers disse ainda que não esperassem um pedido desculpas, porque não iria ser feito. 

- Outra das mais conhecidas críticas de Joan, foi a feita a Angelina Jolie, na 84ª Edição dos Oscares. A actriz usava um vestido Versace preto com uma fenda enorme na perna direita, semelhante a um usado por Jennifer Aniston em 2010. Foi acusada que copiar o estilo e a pose da ex-mulher do Brad Pitt. Joan não disperdiçou a oportunidade de criticar Angelina: “Ela parecia uma idiota fazendo aquela pose. Ela saiu da categoria de celebridade, porque agora o mundo inteiro sabe que não é natural, ela treina as poses ao espelho e repete vezes sem conta”. Joan foi ainda além e citou polémicas do passado da atriz: “Você já viu alguém colocar a mão na cintura e a perna para fora com uma fenda? Não. E tenho que dizer, sua idiota! Voltou a lembrar-nos do que nos tínhamos esquecido, que costumava usar sangue em volta do pescoço e dar beijos na boca do seu irmão!”

- “Rihanna confessou a Oprah Winfrey que ainda ama Chris Brown. Idiota! Agora é a minha vez de lhe bater ”.

Joan postou no Twitter a piada sobre a mais recente confissão da cantora Rihanna, que ainda estava apaixonada pelo ex-namorado e ainda disse que o perdoava pelas agressões físicas feitas em 2009, razão pelo fim do namoro. Quando Rihanna leu uma piada feita pela apresentadora respondeu cerca de 15 minutos depois, “Uau! Você realmente fica mais lenta à medida que envelhece, nao é?” ao que Joan respondeu “Querida @Rihanna, todos sabem: se ele te bateu uma vez, vai bater novamente. Leia as estatísticas. Observação – Adoro tê-la no Fashion Police!”.

- Joan Rivers fez também uma crítica ao peso da cantora Adele. Quando convidada no programa “Late Show with David Letterman”, ao falar da artista simulou a sua forma física levantando os braços e enchendo a boca de ar. Para além disso perguntou ao apresentador: ''Qual é a música dela? "Rolling In The Deep"? Ela deveria ter acrescentado "frango frito”. E para completar, Joan disse que conheceu Adele nos Óscares desse ano e a cantora comentou com ela: “Ai a minha garganta, não estou nada bem e não sei se consigo engolir”, ao que a apresentadora respondeu “Claro que você consegue engolir e até engole bem, isso nota-se”.

artigo do parceiro:

Comentários