Ainda usa sacos de plástico? Não devia

Da próxima vez que pegar num saco de plástico, pense nisto: em 2050 poderá haver mais plástico que peixe nos oceanos. Atualmente 80% da poluição marinha é causada pela libertação de resíduos plásticos. No dia em que se assinala o "Dia Internacional Sem Sacos de Plástico", é altura de pensar no meio ambiente.

De acordo com a agência Lusa, o presidente da Quercus, João Branco, alertou na véspera do Dia Internacional Sem Sacos de Plástico para a necessidade de o Governo implementar medidas urgentes que banam o uso dos sacos plásticos em Portugal.

Dados da associação, alertam que o país consome “anualmente cerca de dois mil milhões de sacos de plástico”.

O ambientalista considerou, ainda, que “estão comprovados e amplamente divulgados os efeitos nefastos dos sacos de plástico no ambiente, em especial em meio marinho, com envenenamento, asfixia e morte de peixes, animais e aves marinhas”.

O responsável referiu que a medida do anterior Governo de taxar os sacos de plástico “foi inicialmente positiva”, mas acrescentou que “rapidamente se revelou insuficiente”.

É que, depois de uma inicial diminuição do consumo de sacos de plástico, os portugueses “acabaram por se habituar a pagar os sacos e o seu consumo está a aumentar novamente”.

Durante a participação na última conferência das Nações Unidas sobre o clima, realizada em 2016, em Marraquexe, a delegação da Quercus visitou um supermercado que, como todos em Marrocos, não utiliza sacos de plásticos.

“Fiquei espantado com a facilidade com que a sociedade marroquina vive sem utilizar sacos de plástico. Isso é visível nas ruas pela ausência de lixo relacionado com os sacos”, afirmou João Branco.

A nova campanha da ONU, #CleanSeas, lançada este ano, pretende declarar guerra ao lixo provocado pelos plásticos nos oceanos. Um dos seus objetivos é que até 2022 sejam eliminados os microplásticos usados em cosméticos e acabar com “o uso excessivo de resíduos de plásticos que são usados apenas uma vez”.

A agência da ONU diz que não há tempo a perder e vai lançar vários apelos aos governos dos vários países.

Mas a prevenção também começa na casa de cada um de nós, e nos hábitos diários. Da próxima vez que pegar num saco de plástico, pense no que este pode fazer ao meio ambiente. Utilize antes sacos recicláveis ou caixas de cartão.

A seguir: Conheça alguns países que estão empenhados em reduzir o consumo de sacos de plástico:

Comentários