30 estilistas assinalam 30 anos de SIDA em Portugal

O desfile será em vermelho, no Reservatório da Mãe d’Água, a 16 de maio

Nuno Baltazar, Luís Buchinho, Fátima Lopes e Katty Xiomara são quatro dos 30 estilistas portugueses que se juntam, a 16 de maio, num desfile solidário para assinalar os 30 anos do primeiro caso de VIH/Sida em Portugal.

Nesta iniciativa da Liga Portuguesa Contra a Sida, que acontece no Reservatório da Mãe d’Água, em Lisboa, 30 costureiros portugueses de referência vão apresentar criações em vermelho, a cor dominante da causa, desenhadas especialmente para o evento.

O valor angariado na venda das peças reverte para a Unidade Móvel de Rastreios “Saúde + Perto”, um projeto da Liga Portuguesa Contra a Sida, dedicado à realização de rastreios do VIH/Sida e outras infeções sexualmente transmissíveis (IST).

Marcam também presença, entre os costureiros, João Rolo, José António Tenente, Augustus, Dino Alves, Miguel Vieira, Maria Gambina, Ana bela Baldaque, Os Burgueses, Ricardo Dourado, Storytailors, Daniela Barros, a dupla Alves/Gonçalves, Filipe Faísca, Pedro Pedro, Ricardo Preto, Gio Rodrigues, Susana Agostinho, Alexandra Moura, Andreia Lobato, Carlos Gil, Diogo Miranda, Elisabeth Teixeira, Elsa Barreto, Isilda Pelicano, Justino Filho e Micaela Oliveira.

A desfilar, 30 caras igualmente conhecidas do mundo da moda: Fiona, Carla Matadinho, Joana Ribeiro, Luma, Raquel Strada, Mariana Dias, Margarida Mercês de Melo, Carla Salgueiro, Ana Viriato e Ana Rita Clara.

artigo do parceiro: Nilza Rodrigues

Comentários