25 pessoas com deficiência que fazem por mostrar que são igualmente capazes

Apesar do estigma que sentem na pele diariamente, muitos deficientes recusam resignar-se à sua condição. Descubra histórias de vida inspiradoras e trabalhos artísticos que muitos especialistas em arte elogiam.

De acordo com o relatório anual da Disability Statistics, publicação online do Eurostat, cerca de 10% da população mundial, mais de 650 milhões de pessoas, nasceu e/ou vive com algum tipo de deficiência. As limitações físicas e até mentais de muitos não os impedem, contudo, de lutar pelos seus sonhos nem de procurar demonstrar aos outros que são igualmente capazes, como é o caso dos exemplos que lhe apresentamos de seguida.

Mariusz Kedzierski, por exemplo, veio ao mundo sem braços mas, ainda assim, descobriu formas de materializar as suas ideias criativas em pinturas realistas. Um choque elétrico deixou Huang Guofu sem os dois membros superiores quando tinha quatro anos. Aos doze, começou a pintar com os pés. O autismo também não impede a inglesa Iris Grace, ainda uma criança, de se exprimir através das telas, das tintas e dos pincéis.

Texto: Luis Batista Gonçalves

artigo do parceiro:

Comentários