Mercado de trabalho: como procurar e conseguir um estágio

Um estágio oferece a oportunidade de ganhar experiência profissional e pode ser uma excelente forma de começar a carreira.
créditos: Pixabay

Acabar o curso é um feito recompensador, pensar que todos os anos de estudo chegaram ao fim e que o objetivo foi cumprido. Porém, a conclusão deste ciclo significa o inicio de outro: a entrada no mercado de trabalho e tudo o que isto simboliza. O término dos estudos vem acompanhado de maior responsabilidade, do crescimento e, sem dúvida do medo e novas questões como, o que é que faço agora?

Procurar um emprego parece demasiado definitivo e surge mesmo como um compromisso para o qual não sabemos se estamos à altura. Desta forma, um estágio surge como uma opção de tempo mais reduzido em que se ganha contacto com o mundo do trabalho e da vida real, bem como, uma maneira de decidir por uma determinada direção dentro da área que se estudou. Quando se começa a procura por um estágio deve-se ter em conta aquilo que se quer. Fazer uma lista do que se pretende retirar com a experiência de um estágio pode ser um bom ponto de partida. Ao saber o que se quer torna-se mais simples saber onde e pelo que procurar. Pensar as condições oferecidas (se é remunerado ou não, horário) e que tipo de tarefas este dispõe que sejam uma forma de explorar e melhorar as capacidades e conhecimentos adquiridos durante os anos de formação. Com alguma paciência e pesquisa evita-se aceitar a primeira proposta que se encontra e optar antes por outra que se adeque mais ao futuro que se quer seguir.

Existem plataformas e ferramentas digitais como o LinkedIn, sites de emprego e plataformas de estágios que oferecem o acesso facilitado a propostas de estágio e emprego por parte das empresas que estão a contratar. Se, por outro lado já se tem uma empresa em vista, mesmo que esta não tenha um programa de estágio, existe sempre a opção de candidatura espontânea. Estar preparado com currículo vitae, carta de apresentação ou um portefólio caso se faça parte da área criativa é sempre essencial caso se seja chamado para uma entrevista ou a empresa peça mais informação.

Relativamente à entrevista, o primeiro ponto a ter em conta é a apresentação. A primeira impressão é essencial e, por este motivo, adequar o que se veste ao dress code da empresa e da industria em que se quer entrar é uma vantagem para conseguir o estágio. Durante a entrevista deve-se olhar o entrevistador nos olhos, mostrar confiança e paciência enquanto se ouve e responde a cada questão. Ser simpático e educado e terminar com uma ou duas questões ao entrevistador mostra interesse no trabalho a que se está a concorrer. Depois é só esperar por uma resposta. Não é preocupante se não se conseguir o primeiro estágio para o qual se concorre, é até bastante normal. Tal como acontece com tudo o que se faz pela primeira vez  na primeira entrevista a confiança não está tão presente e à medida que se vai a mais entrevistas vai-se ganhando prática e à vontade até surgir a oportunidade pela qual se esperava.

artigo do parceiro:

Comentários