Elsa Cruz

Diretora de recursos humanos do Turismo de Portugal é voluntária no Hospital Curry Cabral

Não tem um passado extenso como voluntária mas desde que se envolveu nunca mais parou. Começou em 2011, altura em que a empresa desenvolveu uma iniciativa inserida no âmbito do Ano Europeu do Voluntariado.

Desde essa altura, Elsa Cruz, diretora de recursos humanos do Turismo de Portugal, nunca mais parou, dedicando sobretudo o seu tempo a pessoas em convalescença.

As suas atividades são constantes. Ajuda os doentes de uma das enfermarias masculinas do Hospital Curry Cabral, em Lisboa, sobretudo pessoas acamadas e sem autonomia suficiente para conseguirem tomar uma refeição sozinhas. Dá também o almoço aos doentes, o que permite agilizar o trabalho das auxiliares e evitar que a refeição se prolongue por muito tempo e a comida arrefeça.

Como gere o tempo

O instituto no qual trabalha tem um protocolo que lhe permite prolongar o intervalo de almoço às quintas-feiras, de modo a ter tempo para o voluntariado. Organiza o volume de trabalho em função dos compromissos estabelecidos no calendário da bolsa de voluntários onde está inserida, que é gerida pela Cruz Vermelha Portuguesa no hospital.

O que a faz continuar

Estar no terreno permitiu-lhe perceber que o número de auxiliares do hospital seriam insuficientes para cumprir a hora de almoço com a rapidez e eficácia necessárias. «Quando se participa em ações de voluntariado bem organizadas e eficazes percebe-se a utilidade do nosso trabalho», justifica Elsa Cruz.

artigo do parceiro:

Comentários