Conceitos de poupança que deve ensinar aos seus filhos

Conheça algumas estratégias para ensinar o valor do dinheiro às crianças

Crianças informadas tornam-se adultos responsáveis. É por isso que os dados divulgados recentemente por um estudo sobre finanças pessoais, aplicado a alunos do ensino básico e secundário, são preocupantes. Isto porque a conclusão geral da investigadora que realizou o estudo é de que os adolescentes portugueses não têm formação financeira adequada às necessidades da sua vida quotidiana. Assim, são incapazes de gerir da melhor forma as suas finanças pessoais, não tendo hábitos de poupança e estão pouco familiarizados com a linguagem financeira. A educação financeira dos jovens é um trabalho que pode ser desenvolvido pelas escolas, mas os grandes princípios têm de ser incutidos pelos encarregados de educação que, através dos seus próprios hábitos de poupança e investimento passam valores aos seus filhos. Desta forma, as crianças vão crescer e tornar-se capazes de tomar decisões financeiras informadas que podem influenciar toda a sua vida adulta. Fique então a conhecer alguns conceitos que deve ensinar aos seus filhos.

1. Abrir uma conta no banco:

Abrir uma conta poupança para o seu filho é uma forma de lhe ensinar as vantagens de ter algum dinheiro economizado, de aprender como os bancos funcionam e conhecer o conceito de juros. Mais tarde, este dinheiro pode ser utilizado para os estudos universitários do seu filho ou até para a compra de um carro. Para estimular a criança a poupar, ajude-o a definir um objetivo para o dinheiro guardado como comprar um jogo para a consola, um filme ou até para um brinquedo. Assim, o seu filho vai perceber que quanto mais dinheiro juntar, mais oportunidades terá para comprar aquilo que quiser.

2. Converse sobre dinheiro:

O seu filho não precisa de saber qual é o seu ordenado mensal, mas é importante que fale com ele periodicamente sobre o dinheiro da casa. Dê-lhe a conhecer os seus gastos mensais e explique-lhe como elabora o orçamento familiar. Converse com ele sobre quanto custa ganhar dinheiro e mostre-lhe como é importante fazer investimentos e poupanças para que no futuro tenha algum dinheiro de parte para um fundo de emergência. Leve-o às compras e ensine-o a comprar com responsabilidade e a evitar comprar artigos desnecessários. Fique a conhecer as 10 dicas financeiras de pais para filhos, para saber que outros conceitos poderá ensinar aos seus filhos.

3. Jogue Monopólio:

Se prefere formas mais divertidas de ensinar ao seu filho conceitos de poupança e investimento, jogue Monopólio. Desta forma, está a ensinar-lhe como conseguir ter dinheiro suficiente para comprar uma casa e que não é aconselhável investir todo o seu dinheiro a adquirir bairros inteiros porque a ganância poderá levá-lo a perder o jogo. Com origem em 1935, este jogo de tabuleiro ajuda desde cedo a incutir conceitos financeiros como o empréstimo, a hipoteca e a falência. Outra alternativa é utilizar as histórias e fábulas para crianças como “A Cigarra e a Formiga” ou a história do mítico filme “Mary Poppins” que implementa alguns conceitos de investimento e poupança no argumento, para dar-lhe a conhecer a forma como a poupança pode ajudá-lo. Conheça alguns livros de finanças pessoais que ensinam a gerir o dinheiro.

4. Ensine-o a gerir o dia-a-dia com uma mesada:

Ao dar-lhe uma quantia por semana ou por mês para ele conseguir fazer as atividades que deseja está a ajudar o seu filho a perceber o conceito de poupança. Se o fizer em troca da realização de tarefas caseiras, como arrumar o quarto ou lavar a loiça, será uma forma mais fácil de começar a dar valor ao dinheiro. Ainda assim, é importante que incentive o seu filho a não gastar tudo de uma vez e a poupar o dinheiro que sobra. Se o dinheiro não chegar, peça ao seu filho para lhe explicar de que forma utilizou a sua mesada de forma a responsabilizá-lo pelo seu “mini-orçamento” e se precisar de mais algum dinheiro lembre-se que também faz parte da educação de uma criança ouvir um “não” de vez em quando. Leia também o artigo "Os erros financeiros mais cometidos pelos jovens".

Leia também os seguintes artigos relacionados com o mesmo tema:

- Como minimizar os custos quando se está a estudar longe de casa - 10 Sites para gerir melhor as suas despesas - Como reduzir as despesas aderindo às lojas de trocas - Como fazer refeições por menos de 1,25 euros 

Saldo positivo 

artigo do parceiro:

Comentários