5 passos a dar se está cansado da sua profissão

Está cansado do seu trabalho? Quer mudar de profissão? Conheça os passos a dar para ter sucesso na mudança

Se está cansado do seu trabalho e considera que era importante mudar de profissão, faça-o com algum cuidado. Mudar de carreira implica investir algum tempo e dinheiro. Como qualquer investimento é importante que se informe antes de decidir despedir-se para abraçar outra profissão. Esta decisão pode ser irreversível, por isso deve ser bem equacionada e planeada. Aqui ficam alguns passos a dar para que tenha mais hipóteses de ter sucesso na mudança. Leia o artigo:  Cinco estratégias para mudar de emprego

1. Decida se precisa de mudar de carreira

Antes de tomar uma decisão radical deverá pensar bem se realmente é importante mudar ou se apenas precisa de trocar de empresa ou fazer uma pausa – tirar umas férias e mudar de ares por umas semanas. Se chegar à conclusão que apenas precisa de mudar de empresa, apesar de não ser uma decisão fácil, será mais simples do que repensar a carreira. No entanto, se o trabalho o faz infeliz, se é muito stressante e isso afeta a sua vida pessoal, se o mercado de trabalho nessa área está muito difícil ou se gostava de ganhar mais dinheiro e já sabe que nessa profissão não o vai conseguir, pode e deve equacionar a mudança de carreira. Leia o artigo:  Sete dicas para controlar os níveis de stress no trabalho

2. Faça um balanço das suas capacidades profissionais

Se, depois de pensar muito bem decidir que necessita de mudar de carreira, então é altura de fazer uma avaliação das suas competências, habilitações, características de personalidade, aptidões naturais para conseguir determinar qual a profissão que o faria feliz. Pode fazer esta análise sozinho ou então recorrer a uma empresa ou a um conselheiro (conhecido como ‘career coach’) que o possa ajudar a encontrar um fio condutor para esta mudança. Leia o artigo:  Como um "treinador" pode ajudá-lo a encontrar emprego

3. Faça uma lista de possíveis profissões a exercer

Uma vez feito o balanço, elabore uma lista de possíveis profissões a exercer. Se a lista for longa, então poderá começar a eliminar algumas até chegar a um grupo de cinco ou, no máximo, dez profissões para as quais poderia mudar, de acordo com as suas características. Leia o artigo:  Seis ideias para utilizar a sua rede de contactos

4. Informe-se de tudo relacionado com as profissões

Chegou então a altura de se informar sobre tudo o que está relacionado com as profissões que estão na lista elaborada. Para cada profissão é importante pesquisar a descrição das funções, requisitos de formação, informar-se sobre o estado do mercado nessa área, perspetivas de emprego, de salário e outras formalidades. Desta forma, poderá eliminar mais algumas profissões e, quem sabe, eleger aquela que gostaria de prosseguir. Leia o artigo: Como utilizar o networking para encontrar emprego?

5. Defina objetivos

Se já escolheu a profissão que pretende seguir está na altura de traçar objetivos e delinear metas que o vão ajudar a ter sucesso. Exemplos destes objetivos são: formar-se em determinada área em “x” anos, fazer um estágio numa empresa ou conhecer determinadas pessoas relevantes na área. Defina em quanto tempo é que gostaria de alcançar estes objetivos, para se sentir pressionado a fazer alguma coisa e não esperar que a oportunidade lhe caia nos braços. Leia o artigo: Sete passos para preparar a sua demissão

Leia também:

Cinco dicas para lidar com um emprego que odeia

Sete tarefas a fazer se foi despedido

Como a linguagem corporal pode ajudá-lo numa entrevista

artigo do parceiro:

Comentários