7 Ideias para conseguir um desconto num automóvel novo

Saiba como poupar na compra de um automóvel novo

Nos tempos que correm, ter um automóvel deixou de ser um capricho para passar a ser uma necessidade para a maior parte das pessoas. Muitos dependem deste meio de transporte para se deslocarem para o trabalho, levar os filhos à escola e para “dar uma volta” ao fim de semana. Porque é um aspeto tão importante da vida, a compra de um automóvel requer alguma atenção e a escolha deverá cair sobre aquele que reúna algumas características como: confiança, conforto e, porque não, que seja agradável à vista.

Comprar um carro novo pode ser emocionante, mas também é um processo complexo através do qual pode acabar a pagar demais. As escolhas são quase infinitas e encontrar a combinação perfeita entre o que quer, precisa, ao melhor preço, pode ser um desafio. O Saldo Positivo deixa-lhe algumas dicas sobre como negociar um desconto na compra de um automóvel novo.

1. Vá a vários 'stands' Se já escolheu o automóvel (marca e modelo) que quer comprar, deverá visitar vários concessionários e tente negociar o preço. Uma vez que os vendedores ganham à comissão, esta pode ser uma boa forma de negociar o preço de formas diferentes em s diferentes, pois os concessionários podem ter objetivos diferentes e outros meios de conquistar o cliente. Para isso, deverá deixar “escapar” que tem andado à procura noutros es, onde os preços são mais atraentes. Esta jogada poderá fazê-los a reduzir a sua margem de lucro para lhe dar um desconto superior ao que já lhe foi oferecido.

2. Negoceie os “extras”
O objetivo é conseguir o melhor negócio pelo melhor preço possível. Mas se a possibilidade de um desconto não se afigura plausível, procure negociar equipamento suplementar pelo mesmo preço, como por exemplo um GPS, teto de abrir ou jantes de liga leve. Estes extra costumam encarecer o preço final, mas se forem oferta do e automóvel, poderá considerá-lo como um desconto.

3. Troque o carro velho
Outro “truque” para tornar a fatura do automóvel menos pesada e facilitar a negociação com o e é entregar o automóvel usado, se o tiver, em troca do novo. Não aceite um negócio que não considere justo. Se o valor oferecido pelo automóvel antigo não estiver em linha com aquilo que tinha pensado ou se achar que consegue vendê-lo por um melhor preço junto dos privados, diga isso ao vendedor, por forma a tentar encontrar um meio-termo. Se optar por vender o automóvel no mercado dos particulares, terá mais trabalho, pois tem de anunciar em jornais, internet ou na própria viatura, o que vai tornar a operação mais demorada do que se o trocar no e.

4. Escolha a melhor altura
Há alturas melhores para comprar automóvel novo, como por exemplo o fim do mês ou o final do ano, pois são alturas em que os vendedores podem estar mais pressionados para cumprir determinados objetivos de vendas que ainda não tenham atingido. O mês de Setembro também costuma ser um bom mês para conseguir bons preços na compra de automóvel, porque é a seguir aos dois meses de eleição dos portugueses para tirar férias (Julho e Agosto), o que normalmente significa poucas vendas e maior vontade dos vendedores em vender.

5. Escolha a melhor zona
Algumas marcas fazem variar o preço de aquisição das suas viaturas em função da zona de concessão do País. Nesse sentido, alguns concessionários do interior oferecem descontos significativos, na tentativa de aumentarem as vendas.

6. Fale noutras propostas
O processo de comprar automóvel pode ser moroso. Por isso, uma vez tendo reunido uma série de propostas, utilize-as como “arma” negocial ao mostrar as melhores propostas que recebeu. Outra técnica de negociação é referir a hipótese não só de procurar outro e, como ainda de comprar um automóvel de outra marca que não aquela. O vendedor tudo fará para não o deixar fugir para a concorrência, o que pode dar origem a um desconto no preço.

7. Dê uma boa entrada
Se recorrer ao crédito ou ‘leasing’ para comprar o automóvel, procure dar o máximo possível de entrada, uma vez que isso irá reduzir o valor do financiamento, logo vai pagar menos de juros e o custo final ao carro fica mais barato. Se pedir o crédito no seu banco, negoceie uma taxa mais simpática com base em outros produtos que já tenha contratado.

Leia também: 8 respostas sobre seguro automóvel 10 coisas que deve fazer pelo seu carro Guia para quem quer comprar carro Carros elétricos: O que deve saber antes de comprar? 10 perguntas para comprar um automóvel usado

Saldo positivo 

artigo do parceiro:

Comentários