Seja feliz… sozinho!

Existem pessoas que têm muita dificuldade em viver sem estarem permanentemente rodeadas por outras. Aproveite os seus momentos a só para se conhecer melhor

Young man sitting on the beach

É possível ter prazer em muitas atividades que pode usufruir sozinho e até descobrir-se, conhecer-se melhor, aprofundar relações de amizade e até aumentar a autoestima. Ao agir por sua conta, pode construir uma melhor autoconfiança, pois é na ação que supera o medo de falhar e ganha um pouco mais de segurança por cada desafio que ultrapassar. «A insegurança existe por acreditarmos que precisamos ou dependemos de outra pessoa para validar ou verificar o nosso comportamento», assegura Fernando Magalhães, psicólogo clínico no Centro Clínico e Educacional da Boavista.

O especialista aconselha ir treinando um diálogo de encorajamento e apoio consigo próprio sempre que sair das rotinas banais e arriscar coisas diferentes, usando expressões como «Sinto-me mais segura depois desta viagem que fiz sozinha, sou mesmo capaz!», recomenda. Sem precisar da aprovação dos outros, pode ter mais oportunidades de conhecer pessoas novas e interessantes, que reforçam e apoiam um sentimento positivo, além de investir em atividades que nem sempre são do agrado dos outros.

«Ao agir por passos imperfeitos, pode ver a vida como um conjunto de experiências que valem a pena aproveitar, preenchendo o seu tempo com atividades produtivas», refere Fernando Magalhães. «No fundo, desejamos a autoaceitação e saber viver confortavelmente na nossa própria pele», acrescenta ainda o psicólogo clínico. Se é o seu caso e se se sente só, aproveite para iniciar e desenvolver outras experiências, uma forma de alargar horizontes e até de conhecer pessoas novas.

artigo do parceiro:

Comentários