3 formas de agir que lhe vão dar vontade de sorrir para a vida

Há momentos em que as coisas não nos correm bem. Veja como deve proceder para atingir o objetivo de recuperar a serenidade, melhorando o seu quotidiano

No nosso quotidiano, não faltam momentos difíceis. Quantas vezes, ao longo do dia, é que se aborrece com coisas sem importância, se deixa alterar por causa dos outros, fica frustrado ou mal-humorado? Todos estes episódios, por mais curtos que sejam, afectam a sua felicidade. Quer ter uma mente feliz? Tome nota e trabalhe estas três qualidades que deve trabalhar em si, associadas a pensamentos e comportamentos que deve potenciar:

- Generosidade

Lembre-se que não é superior a ninguém e de que toda a gente merece ser feliz. Em casa, na rua ou no trabalho, não julgue ninguém a priori. Procure entender as razões dos outros e adequar o seus comportamentos, evitando frases ou ações que os tornem infelizes. Ser bom faz bem e a felicidade dos outros também pode ser a sua.

- Disciplina moral

Controle os seus pensamentos, palavras e ações. Não fira os sentimentos dos outros só porque tem um problema do qual ninguém tem culpa. Nalguns momentos, descarregar nos outros acaba por ser o caminho mais fácil. Por tabela, são os que nos estão mais próximos (e de quem gostamos mais) que levam. Um erro a evitar a todo o custo.

- Paciência

Contemple todas as dificuldades como um modo de aprendizagem. Esta forma de encarar o seu dia a dia vai ajudá-lo a vê-las de forma mais positiva e a saber estimar mais as outras pessoas. Em períodos agitados e conturbados, como os que vivemos, a paciência é uma virtude que tende a ser relegada para segundo plano. Para para pensar. Em si, na vida... e nos outros!

artigo do parceiro:

Comentários