Tenho dificuldades em manter a concentração. O que posso fazer?

Fernando Magalhães, psicólogo clínico e psicoterapeuta no Porto, responde à pergunta e aponta estratégias a seguir para combater o problema.

Há dias em que, por causa do calor ou do frio, do ruído que o rodeia, do excesso de trabalho ou por qualquer outro motivo, tem dificuldades em concentrar-se e em focar-se naquilo que devem ser as suas preocupações efetivas? «Para um estado de concentração ótimo, durma o suficiente, faça uma alimentação saudável e pratique exercício para que a mente se mantenha calma e nítida na altura da tarefa», recomenda Fernando Magalhães, psicólogo clínico e psicoterapeuta no Porto.

Para além dessas, existem outras estratégias que, segundo o especialista, também pode adotar. Estes são os seis conselhos do médico para aumentar o grau de concentração no dia a dia:

1. Tenha uma agenda ou aplicação para notas no telemóvel com listas de tarefas ordenadas por importância, para se focar e prestar atenção numa tarefa de cada vez.

2. Crie um ambiente propício ao estudo, confortável, através de elementos como almofadas ou quadros para anotações.

3. Exercite a mente com estímulos variados, como fazer um curso ou praticar um desporto em grupo, e resolva exercícios mentais para melhorar o raciocínio, a atenção e a memória, disponíveis em vários manuais no mercado.

4. Aprenda formas de estruturar e organizar a informação, usando índices, marcadores e separadores, e depois ensaie, repetindo em voz alta ou com alguém o que aprendeu.

5. Experimente as mnemónicas para auxiliar a memorizar.

6. Os alimentos ricos em ómega-3, cafeína e chocolate negro ajudam na concentração.

artigo do parceiro:

Comentários