Sobre ambição

Gosto da palavra ambição. Tem força. Gosto ainda mais quando tem propósito. Quando tem direcção. Quando não é apenas uma sede desmesurada, de tudo e mais alguma coisa.

Há uns dias, um trainee procurou-me para novas sessões. Tem a ambição de ser melhor.

A pedra de toque foi a sua promoção na empresa, que correspondia a melhores condições e também a um convite para mais formação.
Dizia-me o meu cliente que não queria seguir a linha tradicional de formação. Quis seguir antes pelas áreas de melhoria que eram claras para si: línguas, para melhor se integrar em projectos e equipas internacionais. E comunicação, para melhor motivar as suas equipas, para ter impacto no chefe, para melhorar resultados nos seus contactos com clientes, entre outros objectivos.

Todo este discurso fez-me pensar que este homem tem uma estratégia muito curiosa para prosseguir na sua vida. Sabe ao que vai e sabe traçar o seu caminho.

Tem ambição. Tem drive: sabe para onde vai, sabe que posição ambiciona na empresa. Sabe também até onde está disponível para ir sem deixar a sua vida pessoal para trás. Não quer perder tempo.

Ele vê o seu objectivo de longo prazo muito claramente. Sabe que é certo. Desenha as etapas que terá de percorrer no tempo e esforço mais adequados. Confia em si. Confia na equipa que construiu e a quem exige resultados.

Não tem pressa nem vagar. Ele sabe exactamente o que tem de fazer, o que tem de garantir. E confia.

Não teme fazer escolhas, pois sabe que são decisivas para que o seu caminho se cumpra. Mesmo que as escolhas não sejam óbvias para os outros. Não perde o seu norte. E esta é, talvez, a sua melhor característica. É o que o impele a explorar outros caminhos onde outros nada vêem.

É um gosto enorme em contribuir para que esta etapa se cumpra na vida deste meu cliente. E uma forma muito interessante de comprovar que conseguimos o que ambicionamos, se conseguirmos ver para lá da mera ambição: saber ao que vamos, quem nos ajuda no percurso, que patamares teremos de subir... e confiar no nosso instinto. Sobretudo se nos guia habitualmente por bons caminhos.

Bom Ano!

Cláudia Nogueira
Plus, Be Great!

www.plus.com.pt

artigo do parceiro: Susana Krauss

Comentários