Vai ao médico?

Não saia de lá com nenhuma dúvida. Saiba tudo o que deve perguntar

Para o paciente que sabe o que quer, é imprescindível tirar o maior rendimento possível das suas consultas médicas e ter acesso à informação adequada.

Só assim poderá tomar as decisões certas. Em matéria de saúde, para sair satisfeito, tem de esclarecer todas as suas dúvidas.

Será que me estou a tratar no lugar certo e com a pessoa adequada? Existem terapias melhores? Algumas destas questões podem confundir os médicos; outras, no entanto, não têm resposta definitiva, e outras ainda podem abrir-lhe as portas a um tratamento mais eficaz.

Muitos pacientes, quer seja por desconhecimento, vergonha ou medo, evitam fazer perguntas ou manifestar as dúvidas que os assaltam. Contudo, vale sempre a pena colocar as dúvidas sobre a mesa e ir para além do "o que é que eu tenho, doutor?" e do "como é que se cura?".

Algumas respostas podem ajudá-la a esclarecer a sua real situação, ajudá-la a decidir o tratamento, poupá-la de complicações e, até, salvar-lhe a vida. É frequente, durante a consulta, os médicos esquecerem-se de informar os seus doentes sobre os medicamentos, terapias ou efeitos secundários.

Para além disso, não detectam as suas preocupações nem os problemas psico-sociais que os rodeiam. Para piorar a situação, também os pacientes se esquecem de muitas informações importantes, prejudicando o cumprimento terapêutico e aumentando o número de problemas relacionados com a medicação.

São de destacar os que dizem respeito à posologia e à duração do tratamento. Existem mesmo pacientes que não se lembram de quando devem fazer exames, vacinar-se ou consultar outro especialista.

Antes de uma cirurgia, pergunte:


  • Como se chama esta operação e em que é que consiste exactamente?

  • Por que razão me está a recomendar este procedimento?

  • Vou precisar de fazer exames ou ser observada antes da operação?

  • Existem alternativas igualmente eficazes?

  • Quais são os benefícios desta intervenção e quanto tempo vão durar?

  • Quais são os riscos e efeitos secundários da cirurgia e da
    anestesia?

  • Qual a percentagem de pacientes que conseguiu melhorar?

  • O que é que me pode acontecer se não for operada agora?

  • Vou sentir dor depois de entrar na sala de operações?

  • Qual é a duração do pós-operatório?

Comentários