Tratar a dor crónica

Novo dispositivo médico permite controlar a dor através do registo de movimentos

Está disponível um dispositivo médico para tratamento da dor crónica que utiliza um sensor que deteta os movimentos do paciente.

O neuroestimulador RestoreSensor, com a tecnologia AdaptiveStim, é o primeiro dispositivo de controlo da dor desenhado para detetar alterações na posição do corpo do paciente e ajustar automaticamente o estímulo para proporcionar a quantidade certa de alívio.

Até agora, os pacientes tinham que alterar manualmente as características do dispositivo mas, graças ao sensor de movimento, os sinais elétricos são fornecidos automaticamente através de elétrodos para o espaço epidural, perto da coluna vertebral. O dispositivo, que é implantado através de micro-cirurgia por indicação médica, dissimula os sinais de dor no corpo, administrando uma ligeira estimulação que possibilita que o paciente sinta um leve formigueiro em vez de dor.

Desta forma, é possível melhorar a qualidade de vida dos doentes em estado de dor crónica (dor persistente com duração superior a 3-6 meses), decorrente de doenças como lombalgia crónica, osteoartrose, cefaleias e artrite reumatoide.

artigo do parceiro:

Comentários