Sapatos e joanetes

Descubra qual a ligação

Os sapatos, apesar de serem adorados por muitas mulheres, são sinónimo muitas vezes de um problema sério e que acaba com a boa disposição de qualquer mulher! O problema agrava-se quando aparecem os Hallux Valgus, mais vulgarmente conhecidos por joanetes. Os joanete é conhecido como sendo a inflamação óssea do dedo grande do pé provocada por diversos fatores. Já foi reconhecido cientificamente que o primeiro deles é a forma do pé: as pessoas que têm o dedo grande mais comprido que o resto dos dedos, tendem a desenvolver joanetes mais facilmente, para além deste fator o uso de sapatos não adequados, e a genética ajudam no seu desenvolvimento. De uma forma geral, os joanetes afetam mais mulheres do que homens – para cada homem com deformidade na lateral do dedo, há 16 casos de mulheres. É por isso, muito importante saber quais os sinais de alarme, quais os sapatos a escolher e o que fazer para atenuar o problema e as queixas. 

Em primeira mão, o desvio que origina o joanete é consequência do mau uso de sapatos apertados e saltos altos e bico fino, por várias horas. O salto desloca o peso do pé para a frente, enquanto o bico estreito força a estrutura. Nalguns casos podem também ser fruto de uma herança familiar e fazer já parte da genética do indivíduo em causa. 
Deve, por isso, ter am atenção quando começam a surgir sintomas como a dor, desconforto ou dificuldade para andar. Os principais sintomas são os sinais inflamatórios, a dor, o rubor e a vermelhidão sobre o dedo, podendo surgir uma ferida. Será também mais indicado comprar sapatos à noite, quando os pés estão mais inchados, de forma a ter a certeza que acerta na escolha do calçado. O modelo do sapato deve também acomodar bem os pés, deixá-los folgados com caixas dos dedos espaçosas e solas macias, ser resistente e garantir a devida proteção. No dia a dia deve evitar saltos altos e se possível guardá-los para ocasiões especiais! No entanto, para muitas mulheres, um sapato de salto alto é obrigatório no dia a dia – se este for o seu caso use sapatos de salto moderado, já que não devem ser completamente rasos - com um máximo de 3,5 cm. Utilize sapatos bastante espaçosos, de forma a não aplicar pressão sobre o joanete. Pode também tentar usar almofadas protectoras para amortecer a área dolorosa. 

Comentários