Rita Salema

A actriz conta como superou a queda de cabelo

Tinham passado três meses depois da morte repentina do irmão mais novo, Manuel, quando, muito fragilizada emocionalmente, a actriz Rita Salema, de 43 anos, teve uma queda de cabelo repentina e brutal.

Durante um ano tentou de tudo para inverter a situação mas ficou reduzida a apenas uns fios de cabelo. Até que um novo tratamento lhe devolveu o cabelo e a auto-estima, entretanto, perdida.

A queda de cabelo ou alopecia é a redução parcial ou total de pêlos ou cabelos numa determinada zona da pele. Pode ter as mais variadas causas e diferentes resoluções, conforme explica a própria Rita Salema, vítima deste problema: «Stress, desgosto, pós-operatório, gravidez, às vezes até algum medicamento, podem ser algumas das causas. E depois, tudo isto se transforma numa bola de neve porque dificilmente associamos as coisas. No meu caso, a queda aconteceu três meses depois da morte do meu irmão Manuel. Foi na altura em que acabei de gravar a série Morangos Com Açúcar . É estranho, mas não consigo lembrar-me do ano da morte do Manuel. Não quero. Para mim foi ontem. Já tive que saber a data por variadas razões e não consigo decorá-la. O Manuel morreu com um ataque de epilepsia. É assustador dizer isto porque, hoje, não se morre com um ataque de epilepsia», conta Rita Salema.

Para que aqueles que convivem com esta doença não se alarmem, Rita Salema faz questão de aprofundar o caso do irmão: «O Manuel tinha 26 anos e uma outra doença associada, que lhe foi diagnosticada muito mais tarde. Sofria de esquizofrenia e os medicamentos que ele tomava para controlar ambas as doenças não eram compatíveis. Ou seja, ele teve de retirar uma dose bastante razoável do medicamento contra a epilepsia, ficou descompensado e teve um ataque epiléptico fulminante», esclarece a actriz.

Ver artigo completo

Comentários