Proteja-se do calor

10 formas de atenuar consequências das temperaturas altas

Os dias quentes representam um verdadeiro cálvário para os mais velhos. As temperaturas mais elevadas podem ser incómodas sobretudo para os idosos.

Para que estes não sofram as consequências do calor, existem algumas medidas que devem ser tomadas.

Siga os conselhos da médica e presidente da Associação Portuguesa de Psicigerontologia Maria João Quintela:

- Beba mais água ou sumos de fruta natural sem adição de açúcar e evite o consumo de bebidas alcoólicas.

- Faça refeições leves, frequentes e pouco condimentadas.

- Diminua os esforços físicos e repouse frequentemente em locais frescos.

- Evite mudanças bruscas de temperatura.

- No período mais quente tome duche com água tépida ou fria.

- Evite a exposição direta ao sol, sobretudo entre as 11 e as 17 horas e use um protetor com FPS igual ou superior a 30.

- Use chapéu de abas largas e óculos com proteção contra os raios UVA e UVB.

- Use roupa larga e leve, de preferência de algodão.

- Evite permanecer em viaturas expostas ao sol. Se não tiver ar condicionado, não feche as janelas. Leve água suficiente para beber durante a viagem e, se possível, viage de noite.

- Se, após a exposição ao calor intenso tiver febre alta, pele vermelha, quente, seca e sem suor, pulso rápido e forte, dor de cabeça, náuseas, tonturas, confusão e perda parcial ou total de consciência, chame de imediato um médico ou ligue o 112.


Revisão científica: Maria João Quintela (presidente da Associação Portuguesa de Psicogerontologia)

artigo do parceiro:

Comentários