Proteger o coração

Medidas surpreendentes que deve seguir

As doeças cardiovasculares continuam a ser a principal causa de morte, inclusive entre as mulheres, em Portugal.

Em média, por ano, este tipo de doenças provoca mais de 31 mil mortes. Nalguns países, as patologias cardiovasculares matam três vezes mais mulheres do que, por exemplo, o cancro da mama.

Saiba como proteger este órgão vital com base nas mais recentes descobertas científicas.

- Pouco exercício pode ser o suficiente

Cerca de duas horas e meia de exercício por semana chegam para reduzir o risco de doença cardíaca, em 14%, segundo um estudo publicado pela American Heart Association.

- Bagas vermelhas fazem a diferença

Comer três ou mais porções semanais de frutos vermelhos reduz o risco de sofrer um ataque cardíaco precoce, em 32%, mesmo entre as pessoas que têm uma dieta rica em legumes e vegetais.

- Casamento pode ser benéfico

Um estudo realizado na Finlândia concluiu que as pessoas solteiras são cerca de 60% mais propensas a ter um ataque cardíaco. Os resultados carecem, contudo, de mais investigação.


artigo do parceiro:

Comentários