Os medicamentos que deve incluir no seu kit de viagem

Independentemente do seu destino de férias, há uma série de fármacos que deve levar na mala. Conheça a lista dos que são (mesmo) indispensáveis.

Porque «o seguro morreu de velho», porque «quem vai para o mar avia-se em terra» e ainda porque «um homem prevenido vale por dois», para citar alguns dos mais famosos provérbios populares portugueses, na hora de ir de férias, para evitar percalços, nada como levar um kit de viagem repleto de medicamentos e de acessórios para usar, à mínima necessidade, em caso de emergência. Estes são os artigos a incluir na bagagem:

- Analgésico e antipirético para as dores e/ou para a febre

- Antiácido para enfartamento. Também pode ser usado para aliviar as dores de estômago e a azia

- Antidiarreico

- Colírio para combater irritações oculares e/ou a secura ocular. A água de hamamélia, uma árvore de folha caduca, é uma das recomendadas, assim como as gotas de lecitina de soja, vitamina A, vitamina E ou ainda o hialurato de sódio

- Dimenidrinato para náuseas e vómitos. Um anti-histamínico de venda livre não sujeito a receita médica

- Dimetindeno ou hidrocortisona a 1% para combater picadas e queimaduras solares. Alivia o prurido das picadas dos insetos e irritações cutâneas, incluindo as causadas por queimaduras solares

- DEET, também conhecido como NN-dietil-m-toluamida, a substância mais eficaz contra os mosquitos mais comuns, a par de repelentes com fórmulas específicas para bebés e grávidas, se for o caso

- Iodopovidona para tratar feridas

- Laxante

- Melatonina 2 mg para combater o jet lag. Também pode ser usado para combater insónias leves

- Pós ou líquidos para combater a desidratação em períodos de diarreias agudas e/ou vómitos. Cloreto de sódio e cloreto de potássio são os ingredientes mais comuns

- Pensos rápidos

- Água oxigenada e algodão para desinfetar feridas

- Compressas de gaze e fita adesiva

- Tesoura

artigo do parceiro:

Comentários