Operação à miopia

As condições necessárias para fazer este tipo de cirurgia e os cuidados envolvidos

A cirurgia laser é uma excelente opção para a correção da miopia, hipermetropia e astigmatismo, cada vez mais segura e eficaz,
com resultados visíveis no dia da intervenção.

Os critérios fundamentais para a cirurgia poder ser realizada são a idade (nunca antes dos 18 anos), uma graduação estabilizada há, pelo menos, um ano e a presença de uma curvatura e espessura adequadas da córnea, a camada do olho onde o laser é aplicado.

Como tal, são essenciais alguns exames preliminares para definir se a cirurgia é ou não uma boa opção. Se a cirurgia for possível no seu caso, ela permitirá corrigir a miopia e o astigmatismo com uma margem de erro de cerca de 0,5 dioptrias. essa graduação residual raramente obriga ao uso de óculos.

Após a cirurgia, pode retomar a sua vida normal no dia seguinte, sendo importante colocar as gotas que lhe serão prescritas. Deverá evitar esfregar os olhos e convém evitar mergulhar no mar ou em piscinas durante uma semana. Tirando isso, a sua vida prosseguirá como sempre. Mas sem óculos.

Importa não esquecer que, a partir dos 40 anos, surge um outro tipo de dificuldade, relacionada com a idade, que corresponde ao cansaço visual para perto. este tipo de dificuldade não é corrigido por laser e implica o uso de óculos para ver ao perto. Contudo, os resultados da cirurgia, no que se refere à miopia e ao astigmatismo, manter-se-ão inalterados.


Revisão científica: Luís Gouveia Andrade (médico oftalmologista no Hospital CUF Infante Santo)

artigo do parceiro:

Comentários