O barbear perfeito

Minimize irritações, secura e vermelhidão

Muitos homens têm problemas de irritação cutânea, secura e cortes provocados pelo barbear quotidiano.

Como qualquer técnica que exige precisão, o barbear requer prática e método, para não deixar marcas no rosto. A Ultimate Beauty ensina-lhe todos os truques para que o barbear deixe de ser uma tortura e para que não provoque problemas mais graves que podem danificar a saúde da sua pele.

A pele do rosto masculino é muito mais resistente, grossa e firme, pela sua maior riqueza em colagénio, do que a feminina, mas está exposta às mesmas agressões externas, como a poluição, expo­sição ao sol, tabaco, entre outros. Produz uma maior quantidade de suor e sebo do que a pele feminina, por causa das hormonas androgénicas, como a testosterona, sobretudo no rosto e no couro cabeludo.

O suor é mais ácido (pH = 4,5 - 5,5) do que o da mulher (pH = 5,8 – 6,5), já que o seu conteúdo de ácido láctico é mais elevado. Também é sensível, e o seu estado agrava-se pelo uso de produtos demasiado agressivos ou por um mau bar­bear. Envelhece mais tarde, mas não se livra das rugas, que costumam ser mais marcadas e profundas do que as das mulheres, uma vez iniciado o processo de oxidação e envelhecimento.

As consequências do barbear diário

Um barbear meticuloso pressupõe entre 50 a 60 passa­gens de lâmina diárias, um gesto muito agressivo para a pele. Para além disso, uma epiderme barbeada só dispõe de 24 horas para recuperar até ao próximo barbear. Cerca de 84% dos homens fazem a barba de manhã e, destes, 60% fazem-no de uma forma mecânica apesar de, depois do barbear, uma grande maioria afirmar ter irritações na pele.

Os pequenos cortes tornam-na mais vulnerável às infec­ções e aos gérmenes. As células superficiais da pele são constantemente eli­minadas pelo barbear, o que provoca irritação. Para além disso, neste processo também se elimina a película hi­drolipídica que protege a pele da desidratação e secura.

A melhor maneira de evitar a sensação de ardor, irrita­ções, pequenos cortes (risco de infecção local), foliculite, entre outros, é recorrer a produtos especialmente formulados pa­ra proteger, acalmar, hidratar e suavizar o pêlo, tornando o barbear o menos agressivo possível.

Comentários