Loja do Coração: um desafio que superou todas as expetativas

Entrevista a Henrique Moreira, administrador da Glintt

“O formato inovador, a informação de qualidade, o incentivo à adoção de estilos de vida mais saudáveis como forma de prevenção da doença cardiovascular, marcou sem dúvida um projeto pensado pela Glintt e Cegedim em parceria com a Sociedade Portuguesa de Cardiologia”, disse em entrevista ao HdF Henrique Moreira, administrador da Glintt e presidente da Comissão Organizadora da Feira da Saúde. Referia-se à Loja do Coração, o primeiro desafio de outro ainda maior, a Feira da Saúde agendada para maio.



HdF: O que representou para a Glintt participar na Loja do Coração?



Henrique Moreira: A Loja do Coração foi um projeto diferenciador, pelo conceito em si, mas sobretudo pelo serviço que foi prestado aos cidadãos. O formato inovador, a informação de qualidade, o incentivo à adoção de estilos de vida mais saudáveis como forma de prevenção da doença cardiovascular, marcou sem dúvida um projeto pensado pela Glintt e Cegedim em parceria com a Sociedade Portuguesa de Cardiologia. Penso que conseguimos marcar a diferença na comunicação sobre saúde e na forma como disponibilizamos um serviço aos cidadãos. Foi também o primeiro desafio, de um outro ainda maior, para o qual já estamos a trabalhar, a Feira da Saúde, que decorrerá de 16 a 18 de maio de 2014, na FIL Expo.



HdF: Poderia explicar o conceito inovador do projeto?



HM: O conceito inovador assenta em diferentes pontos: a Loja do Coração ter sido uma loja física, onde se disponibilizou informação diferenciada sobre a temática relacionada com a saúde cardiovascular; pelo facto de estar localizada num sítio acessível a todos, em pleno Centro Comercial Colombo; e toda a informação e todos os serviços prestados - rastreios, workshops, a partilha de casos reais, as experiências interativas – terem sido gratuitos.



HdF: Preencheu as expetativas?



HM: Muito, na verdade superou todas as nossas expetativas. Todo o cidadão necessita de assumir a responsabilidade de cuidar da sua própria saúde e sabemos que está a tornar-se mais ativo na busca de conhecimento e informação sobre saúde e formas de prevenir as doenças. Mas, é necessário disponibilizar-lhe informação credível, de forma criativa e inovadora e a Loja do Coração inseriu-se nesta estratégia. Acreditamos ter marcado a diferença no coração dos portugueses que passaram pela Loja do Coração.



HdF: Como foi a adesão por parte do público?



HM: A afluência de visitantes foi muito boa, sendo que as pessoas se mostraram muito interessadas em conhecer cada espaço, em presenciarem os nossos workshops, em testemunharem os casos reais e em fazerem também os rastreios. Foi muito recompensador perceber que os cidadãos saíam da Loja do Coração mais conscientes sobre a importância da prevenção como forma de evitar doenças cardiovasculares.



HdF: Estão previstas mais atividades em parceria com a Sociedade Portuguesa de Cardiologia?



HM: A dedicação e apoio de todos os membros da Sociedade Portuguesa de Cardiologia foi fundamental para o sucesso do projeto Loja do Coração. É nosso desejo manter essa parceria em projetos futuros e já na Feira da Saúde.



HdF: De uma forma geral, quais os planos de futuro da Glintt?



HM: Neste momento estamos já a trabalhar afincadamente no projeto Feira da Saúde, que decorrerá de 16 a 18 de maio de 2014, na FIL Expo, uma organização da Glintt e da Cegedim. Vai ser um projeto dirigido a toda a população, onde mais uma vez, através da divulgação de informação de qualidade e de forma diferenciadora, se pretende incentivar os cidadãos de todas as idades à adoção de estilos de vida mais saudáveis como forma de prevenir o desenvolvimento das doenças mais prevalentes na sociedade em geral. Ao contrário do projeto Loja do Coração em que as doenças cardiovasculares foram o único tema, a Feira da Saúde vai disponibilizar informação e atividades sobre diversas áreas temáticas relacionadas com a saúde.



Por Sofia Filipe

Comentários