Já lhe passou pela cabeça voltar a gostar do seu cabelo?

Publireportagem Vichy



De seu nome alopécia, pode ser a manifestação de factores internos múltiplos, desde características genéticas à má nutrição. Até as estações do ano podem interferir, com o aumento da queda a surgir normalmente no Outono, como que seguindo a própria natureza.



A vida de um cabelo obedece a um ciclo bem definido, nascendo, estabilizando e caindo. Este é um ciclo natural. Entre dois ciclos o bolbo atravessa uma fase de inactividade onde permanece vazio, revelando couro cabeludo. Quanto mais bolbos adormecidos, mais “careca” à mostra.



Foi ao estudar esta etapa decisiva que a L’Oreal Research descobriu que as células estaminais estão diretamente envolvidas no despertar dos bolbos em fase de inactividade para dar origem a novos cabelos. A molécula patenteada Stemoxydine foi seleccionada entre numerosas moléculas por simular os efeitos de um ambiente óptimo para as células estaminais funcionarem bem.



Estudos clínicos realizados num hospital, conduzidos pelo Dr. Pascal Reygagne em 101 indivíduos com alopécia, numa área reduzida do seu couro cabeludo, observaram um aumento de 4% da densidade capilar, ou seja, um ganho médio de 1700 novos cabelos.



Os resultados mostram que após 3 meses, o número de bolbos que despertam da fase de inactividade para entrar em fase anagénica é maior, em indivíduos com a loção de Stemoxydine, comparado com os indivíduos com placebo.



Mais de 1/3 dos bolbos em fase de inactividade são despertados versus placebo (valor médio para um couro cabeludo com alopécia).



Quem via o seu cabelo escassear, volta assim a ter esperança. Uma grande notícia, amplificada pelo facto de estes resultados estarem disponíveis no mercado através de Dercos Neogenic da Vichy.



Após alguns meses de vendas, a Vichy decidiu fazer com a Netsonda um estudo em Portugal com cerca de 162 entrevistas online, e chegou à conclusão que 81% dos consumidores recomendam o cuidado Neogenic sem reservas. Um número impressionante que merece participar na celebração de algo muito especial: o “renascimento capilar”.



Publireportagem Vichy
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários