Intolerância alimentar

Saiba como tratar esta reacção adversa do organismo a determinados alimentos

Mais comum do que a alergia alimentar e facilmente confundida com esta, não é uma reacção alérgica, mas um efeito indesejável causado por um alimento.

Cerca de 8% das crianças com menos de seis anos têm intolerância alimentar, de acordo com Pedro Lopes da Mata, médico imunoalergologista.

Este problema, muito mais comum do que se pensa, pode definir-se como uma reacção adversa desencadeada por um alimento ou ingrediente culinário. São vários os alimentos que provocam intolerância alimentar. Os mais frequentes são o leite, ovos, nozes, marisco, trigo, chocolate, porco, frango, tomate, fruta, queijo, levedura e aditivos.

Causas


- Libertação de histamina que produz sintomas semelhantes aos de uma alergia.

- Carência de enzimas responsáveis pela digestão de determinados alimentos.

- Consumo excessivo de alimentos ricos em substâncias com efeitos farmacológicos (cafeína, histamina, tiramina, triptamina ou serotonina).

- Reacção adversa aos aditivos presentes em alimentos processados.

Sintomas

Asma, rinite, obstrução nasal, dor abdominal, diarreia, urticária, eczema, acne, depressão, fadiga, enxaquecas, ansiedade e hiperactividade nas crianças são os mais comuns.

Ver artigo completo

Comentários