Folicolite

Uma inflamação da pele que está associada à depilação. Saiba como preveni-la

É a inflamação de um ou de vários folículos pilosos devido a uma infecção que pode ser provocada pela bactéria estafilococo ou por um fungo.

Pode surgir em qualquer zona da pele, apesar das zonas mais afectadas serem aquelas que são rapadas ou depiladas, nomeadamente no rosto, no pescoço, nas axilas, nas virilhas, na zona genital ou nas pernas.

As causas mais comuns para o aparecimento da folicolite são o traumatismo provocado pela lâmina, o bloqueio do folículo depois da depilação, a fricção com a roupa ou a utilização de produtos químicos agressivos. Algumas doenças como a diabetes podem favorecer o seu aparecimento. Se sofre desta doença, tenha, por isso, particular cuidado.

Sintomas


Erupção cutânea, borbulhas e pústulas são os sintomas mais comuns.

Tratamento


Para tratar este problema, pode fazer uma aplicação de compressas húmidas e quentes para estimular a drenagem da foliculite extensa. Também se prescrevem antibióticos por via oral e tópica para tratar a infecção bacteriana e fármacos antimicóticos se o causador da infecção for um fungo.

Conselhos
preventivos

- Melhore a sua higiene. Para a infecção não se agravar é necessário manter a zona limpa e não secá-la com toalhas já usadas. Vista roupa que não provoque fricção e tente não se coçar.

- Não adopte comportamentos que dificultem a cura. Evite rapar/depilar a zona afectada para prevenir um maior dano dos folículos. Se não for possível, use uma lâmina nova ou uma máquina de barbear eléctrica.

- Use um creme esfoliante. O uso semanal de um esfoliante ajuda a prevenir o bloqueio do folículo piloso, que faz com que o pêlo cresça virado para dentro.


artigo do parceiro:

Comentários